5 de abril de 2011

Em busca da imortalidade

A imortalidade talvez seja o maior sonho da nossa humanidade, mais até que os bens materiais, as pessoas sempre buscam a vida eterna, alguns encontram esse conforto em sua religião, alguns mais obstinados vão desde lendas como fontes da juventude, ou a pedra filosofal dos alquimistas, e hoje em dia, na própria ciência. O primeiro grande problema com relação a imortalidade, a princípio será nosso próprio planeta, como ele iria suportar tamanha explosão populacional? Simplesmente não pode, se nossa expectativa de vida subisse de 60, 70 anos pra 300 por exemplo, já teríamos que contar com um programa de natalidade extremamente rígido pra que o planeta suportasse sua população, além dos problemas ligados ao ecossistema, mais população, mais consumo, ou seja, mais devastação, mais lixo! A sua imortalidade esta diretamente ligada a sua possibilidade de ter filhos, se chegarmos a isso, teremos que abrir mão de toda a beleza que um filho traz a nossas vidas, e também, seus anos iniciais de vida seriam extremamente curtos em relação a sua longevidade na vida. Uma possibilidade seria desenvolvermos técnicas que permita por exemplo transformar Marte (ou qualquer outro planeta) em um planeta habitável, a própria ciência reconhece que o feito é possível, trata-se da Terraformação, isso tornaria viável a nossa capacidade de procriação. Teríamos junto com a imortalidade outras grandes questões éticas e religiosas mais discutidas, algumas teriam que literalmente serem redefinidas, e a humanidade toda reeducada. Agora supondo que cheguemos a imortalidade, e tendo solução para os problemas que isso acarretará (afinal, nossa tecnologia estaria em um nível extremamente elevado), seria possível sair da ficção para se tornar realidade? Historicamente vemos uma evolução absurda em nossa expectativa de vida, nos anos de 1920, 1930, a expectativa média era de 30 a 35 anos, hoje ela é praticamente o dobro, e isso em apenas 80 anos, e se passar a considerar as novas tecnologias, devemos crer que em mais algumas décadas, passaremos muito facilmente pela barreira dos 100, 120 anos, a própria ciência comprova que a capacidade para isso, nós temos. O que a ciência teria que fazer pra que fôssemos imortais? Teria que criar um remédio para tratar da velhice, nossas moléculas a partir de certa idade deixam de se regenerar, isso faz com que envelheçamos, se a ciência descobrir uma forma de fazer nossas moléculas voltarem a se regenerar, então teríamos o elixir da longa vida, mas isso não traria a imortalidade. Apenas para constar, as pesquisas em células tronco podem além de curar vários tipos de doenças, fazer com que nossas velhas células voltem a se regenerar, cientificamente é possível, assim como desenvolver alguma tecnologia que faça algum tipo de manutenção, deixando nossas células sempre saudáveis. Algumas doenças como esclerose, artrose, osteoporose, diabetes são muito comuns em idades avançadas, deveríamos ter novos tratamentos que pudesse se não acabar com elas, pelo menos controlar, ou seja, a nossa qualidade de vida seria muito menor.


Outra possibilidade é muito mais assustadora do que uma vida repleta de antibióticos, seria a possibilidade de se criar um imenso HD que pudesse manter todos os registros encontrados em seu cérebro, teoricamente transferindo a sua conciencia para uma máquina, não é bem caracterizado como uma imortalidade, mas também é uma possibilidade. Apesar de ir contra qualquer conceito religioso da existência humana. Alguns geneticistas garantem que uma vida de 1000 anos estaria batendo as nossas portas, o que impediria a vida eterna seria muito mais uma ética do que uma barreira científica. De uma forma ou de outra, quanto mais nossa expectativa de vida aumentar, de mais coisas teremos que abrir mão. Outra questão é que a nossa imortalidade não é absolutamente garantida, nós continuaríamos a morrer, paradas cardíacas por exemplo, nem sempre podem ser evitadas, assim como guerras, acidentes, ou a violência urbana, portanto correríamos o risco de mesmo vivendo muito, ter que suportar a dor das perdas prematuras que, em função de uma vida maior seriam muito mais doloridas. Além do fato de nossa memória não ser infinita, uma hora teríamos que desenvolver alguma técnica que nos permitisse manter apenas as informações que mais necessitamos. A vida eterna nem sempre é ligada a forças do bem, como a vida eterna divulgada por Jesus, nos mitos populares a vida eterna normalmente é ligada a forças do mal, como vampiros, múmias e outros seres que povoam a mitologia, isso mostra que nós não vemos realmente a vida eterna como uma dádiva, a vemos muito mais como um castigo! Olhe pra dentro de você mesmo e diga se está pronto pra viver eternamente, ou se está pronto para viver que seja apenas 1000 anos, provavelmente, se você não for um ditador, um maníaco ou alguém com algum tipo de distúrbio, logo vai perceber que você mesmo não quer vive para sempre, isso não faz parte de nós mesmos, nascemos para morrer, pode até demorar um pouco mais, mais nossa morte, após alguns anos de vida, deixa de ser um castigo para ser um descanso. Isto tudo acima citado seria impossível? Pura ficção? Bom, para os desinformados, nosso mundo, BEM REAL por sinal, possui seres imortais, acredite ou não, seres que possuem capacidade de regeneração ilimitada, outros que não envelhecem e outros que conseguem retornar a estágios mais novos de sua evolução física, seria o mesmo que quando nós tivésse-mos 80 anos, voltasse-mos aos 20 anos.Tais seres são biológicos, são formas de vida, mesmo que algumas consideradas estranhas, mas em sua cadeia genética esta guardado o segredo da vida eterna. Seres Imortais do nosso planeta:


Hidra(não confunda com o ser mitológico)




A hidra é uma espécie de polvo, vem da mesma família, vivem em águas doces, a preferência é por águas frias e sem nenhum tipo de poluição, possui duas formas de procriação, a comum, ou seja, assexuada, porém sem contato, a hidra macho solta o sêmem na água, esse vai de encontro ao óvulo da hidra fêmea. O óvulo fecunda e a gestação é iniciada, já a segunda forma é bem curiosa, uma área de seu corpo reproduz algumas moléculas, estas se agrupam e formam um novo grupo que da origem a uma nova hidra, que possui capacidade assombrosa de regeneração, nos humanos seria como se nascesse um tumor em alguma parte do seu corpo, depois de um tempo esse tumor se desprenderia e continuaria sua evolução sozinho, é estranho, até nojento, mais é o que acontece, agora a principal característica das hidras é de que ela simplesmente não envelhece, pode viver para sempre, ou enquanto nosso planeta viver! Turritopsis Nutricula O nome é muito estranho, mais trata-se de uma espécie de agua-marinha, que nos últimos anos vem causando sérios problemas, pois é uma espécie que aprendeu a ser imortal, capacidade que não possuia, este organismo aprendeu a retroceder sua idade biológica, e pode fazer isso de forma infinita, após ele atingir a idade sexual madura, ele consegue reproduzir e voltar ao estágio passado, trata-se de o único relato desta natureza em toda a biologia, isso tem sido encarado como um problema, pois houve uma explosão populacional muito grande desse tipo de espécie, o que não ocorria antigamente por esta espécie não possuir esta característica. Sebates Aleutianus Peixe do pacifico imune a degeneração molecular Além de algumas tartarugas, umas com estimativa de vida muito grande, e outras que também contam com uma proteção de deterioração molecular, ou seja, algumas vivem muito, outras podem viver para sempre. Reveja seus conceitos, a vida eterna esta longe de ser uma utopia.




Fonte: www.arquitetosdaverdade.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!