1 de setembro de 2011

RENASCIMENTO PELA RESPIRAÇÃO.

“Sempre que pensamos em mudar queremos tudo o mais rápido possível. Não tenha pressa pois as pequenas mudanças são as que mais importam. Por isso, não tenha medo de mudar lentamente, tenha medo é de ficar parado”. (Provérbio Chinês)

UM POUCO DA HISTÓRIA DO RENASCIMENTO

Na década de 70, o filósofo e teólogo americano Leonardo Orr, acreditava que muito dos problemas que enfrentara ao longo da vida estavam relacionados com seu trauma de parto. Para conseguir essas memórias da sua vida intra-uterina e de seu nascimento, resolveu fazer experiência na sua banheira. Passou a ficar várias horas imerso em água morna, a fim de verificar se a energia traz memórias. Em um determinado dia sua respiração adquiriu um certo ritmo e uma certa intensidade e ele então sentiu em seu corpo sensações nítidas de sua vida pré-natal. Continuou a fazer seus experimentos e toda vez que sua respiração tomava tal ritmo ele experimentava memórias corporais e emocionais daquela época. Esse processo durou aproximadamente dois anos …a partir daí, Leonard não parou mais, hoje viaja pelo mundo divulgando a técnica, fazendo workshop, formando novos facilitadores.


Renascer significa Respirar em Totalidade com força, com vontade de Viver Intensamente.

Também conhecido como Terapia da Respiração, Rebirthing ou respiração consciente; o Renascimento é uma técnica de respiração simples e muito poderosa, que conduz a um processo de profunda limpeza física, emocional e espiritual.

É um processo de desenvolvimento pessoal que, além da respiração, usa a capacidade criativa do pensamento como ferramenta de transformação.

Recebe esse nome porque a origem de nossos bloqueios mais profundos está, com freqüência, no trauma do nascimento e o processo do Renascimento nos permite contatá-los e liberá-los.

As experiências perinatais imprimem em nosso subconsciente pensamentos e emoções negativas sobre a vida, que nos impedem de vivê-la com equilíbrio. Como a respiração foi o nosso primeiro ato ao nascer, está associada ao trauma do nascimento e a todos os acontecimentos vivenciados nesse momento. Respirar é a função mais básica da vida. Através da respiração estabelecemos um elo entre o que é consciente e inconsciente, entre o corpo e o espírito. A palavra “espírito” é derivada do latim (spiritus), que quer dizer respiração. É também representada pela palavra oriental e hebraica “ruah” e pela grega “pneuma”, que também significam respiração.

O Renascimento não é uma religião, nem uma filosofia ou uma organização. Não é nada estranho. É um método de Auto-Conhecimento baseado na lição da respiração.

É acessível a todas as pessoas e as ensina como reaprender a conectar a inspiração e a expiração num ritmo relaxado e a voltar ao antigo estado de experiência da própria perfeição, cura, bem-estar e felicidade.



Procedimento
È uma terapia simples e centrada, que usa uma técnica particular de respiração – chamada circular – muito simples, porém muito poderosa.

A respiração feita no renascimento é chamada respiração conectada – quer dizer que a inspiração e a expiração estão ligadas, onde termina uma, começa a outra, sem pausas. Essa respiração deve ser profunda porém suave podendo ser feita pelo nariz ou pela boca.

Numa sessão de Renascimento, inspiramos e expiramos pela mesma via (nariz ou boca), ligando a inspiração e a expiração, sem pausas – o que chamamos de Respiração Circular. Ajudamos a inspiração para que ela seja profunda e permitimos que a expiração seja solta e relaxada, sem interferências.

É só isso que precisamos fazer, o resto acontece. Após alguns minutos começamos a experimentar diversas sensações físicas, tais como alterações de temperatura corporal, formigamentos, pequenos espasmos, tremores prazerosos, etc. Também começam a surgir memórias, emoções, sensação de estar fora do corpo ou de reviver algo específico.


O cliente se deita / ou senta em um colchonete e começa a respirar. O terapeuta fica o tempo todo com ele dando todo o suporte para que ele possa se sentir seguro e confortável durante a sessão. As sessões duram, em média, 1h30min a 3:00 hs ou mais. O modo mais comum de se fazer Renascimento é deitado ( no seco ) mas não é o único modo; pode ser feito sentado, ao ar livre, caminhando, na banheira, num lago ( úmido).
O tratamento não tem um tempo fixo, varia conforme cada pessoa. Propõe-se, normalmente, um total de 10 a 12 sessões ou seja, dois ciclos, onde cada ciclo consta de 5ou 6 sessões. Fazendo-se uma sessão por semana( pode-se fazer mais) leva-se, em média, 3 meses de trabalho; dependendo do paciente.

Os resultados são imediatos. logo nas primeiras sessões você perceberá o poder curativo da Terapia da Respiração.

O renascimento não é um processo estático, que tem fim. Você pode respirar diariamente, para o resto da vida ( depois de algumas sessões, poderá respirar sozinho, não precisando mais do terapeuta; e isso é ótimo!), porque em nosso dia-a-dia sempre surgem situações e emoções que podem ser liberadas e limpas.


Não é difícil fazer Renascimento já que a técnica é extremamente simples e prazerosa. O que pode ocorrer, é o desbloqueio de sensações que em algum momento de medo, dor ou angústia, ficaram registradas no corpo (e que estão inconscientes). Nesses momentos pode acontecer a liberação através de choro, riso, voz, sons e movimentos corporais. Uma profunda limpeza que está acontecendo no seu ser. No Renascimento nenhuma sensação é rejeitada. Ao contrário, quanto mais profundamente pudermos vivenciar cada emoção/sensação podemos atravessá-la de forma consciente, limpando este padrão energético.

O que pode nos levar a não achar prazeroso e divertido o Renascimento é o medo ou o desejo de não abandonar a nossa miséria interior. Todo o mal-estar que possa surgir com o Renascimento deve-se a não abrir mão da dor, da negatividade, da tristeza…



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!