20 de setembro de 2011

SOMOS SERES MULTIDIMENSIONAIS

Há algum tempo estamos nos preparando para uma NOVA ERA; esta movimentação requer uma transformação pessoal e social que nasce dos sonhos e visões das pessoas, da ousadia de explorar novas possibilidades; é uma "viagem" que exige muita disciplina e fé, pois não há um manual de consulta para ler e nem um terapeuta para informar sobre mudanças do corpo com base na experiência pessoal. Uma das coisas que as pessoas que desejam fazer esta viagem precisam entender é que nossas crenças são os únicos elementos que realmente limitam; pois temos a capacidade e a oportunidade de criar uma realidade que nos permite realizar o seu potencial máximo de acordo com nossas experiências e padrões pessoais. Este é o momento de examinar nosso sistema de crenças e ampliar ou mudar o quadro de referência do entendimento que tínhamos até então.


A decisão de passar pelo processo deve vir do próprio coração; precisa-se sentir no íntimo de que é o certo. A pesquisa da medicina holística revela que os seres humanos existem numa realidade física, naquilo que é chamado de QUATRO CORPOS – físico, emocional, mental e espiritual. Li certa vez uma comparação bem simplista que falava que poderíamos fazer uma comparação entre esses corpos e um violão de 4 cordas: "quando os 4 corpos estão sintonizados uns com os outros, quando estão afinados, a vida fica mágica"; em compensação, quando fora de sintonia, desarmônicos, experienciamos graus variados de doença física, emocional ou mental, ou insatisfação com a vida. Quando estes corpos inferiores (de freqüência mais baixa) estão sintonizados com a freqüência dos corpos superiores, os seres humanos podem de fato realizar o seu grau máximo de potencialidades nesta vida. Telepatia, clarividência e a capacidade de viver sem comer e sem dormir.


Tendo como conceito de que ENERGIA "é a capacidade que a matéria ou radiação tem de realizar um trabalho", constatamos que CONSERVAÇÃO DE ENERGIA é uma expressão que se refere a lei da ciência que afirma que a energia (ou seu equivalente em massa) não pode ser criada, nem destruída, mas pode mudar de forma e muda realmente. Deepak Chopra – 99,9% de todo átomo é espaço vazio e as partículas subatômicas que se movem a grande velocidade através desse espaço são feixes de energia vibratória que transportam informações e codificações únicas ("não substância pensante").


Para construir a vida a partir da matéria inerte, a energia e as informações têm que ser trocadas por meio do RNA e do DNA para que a estrutura celular seja criada, o fluxo dessa Inteligência é o que nos sustenta (campo universal). O MUNDO FÍSICO é apenas um espelho de uma Inteligência mais profunda que organiza a matéria e a energia, e que também reside em nós. Isso significa que todos nós somos parte de um todo maior – uma teia cósmica. Embora sejamos únicos em nossa individualidade, o terreno comum da energia pura que sustenta todas as células de nosso corpo liga-nos a todas as outras formas de vida e de experiência do Universo.


As religiões chamam esta energia de "DEUS" ou "SUPRACONSCIÊNCIA" e acreditam que seja onipresente e onisciente. A física quântica chama esta energia de "grande energia de unificação" e também acredita que ela está em toda parte, é onipotente e onisciente. ("Tudo O Que É", "Inteligência Divina", "Grande Mistério")...todos não passam de rótulos para descrever a mesma força ou poder. Pensamentos palavras e ações também são energia. A energia expande-se, contrai-se e muda de forma, e aquilo que emitimos volta para nós (você colhe o que você planta); em termos energéticos, tudo é governado pela LEI UNIVERSAL DA RESSONÂNCIA, segundo a qual os semelhantes se atraem.


Os seres humanos têm QUATRO CORPOS "inferiores" de energia que vibram em freqüências diferentes: o físico (o único visível ou com aparência sólida diante de nossos olhos físicos), o emocional, o mental e o espiritual; também temos corpos de energia superior. Eles são considerados superiores por vibrarem em freqüências mais elevadas. Quando conseguimos colocar estes corpos num alinhamento ou harmonia perfeita uns com os outros, obtemos um conhecimento superior que inclui a vivencia da compreensão do sentido superior da nossa existência à medida que tudo entra em seu devido lugar.


Este estado de iluminação é obtido por meio de total sintonia dos 4 corpos inferiores, de modo que eles não só vibram em perfeita ressonância uns com os outros, como também atingem um nível que permite à Alma ou Eu Superior – e num estágio posterior, Eu Sou Presença, Deus Interior ou CONSCIÊNCIA CRÍSTICA – alojar-se integralmente dentro do corpo físico.


Somos sistemas de energia e como tal, transmitimos e emitimos sinais aleatórios, temos e temos experiências de vida aleatórias ou fortuitas; no entanto, quando controlamos deliberadamente nossos sinais, podemos, em conseqüência, conseguir um maior grau de controle sobre nossa vida. Se dermos mais um passo, sintonizando nossos corpos e REALINHANDO nossas freqüências (os sinais de energia que transmitimos) numa escala mais pura e mais harmoniosa, poderemos então controlar a qualidade e intensidade de nossa vida e de nossas experiências.


Aceitando o que a física moderna nos comprova, de que não é possível criar ou destruir a energia, mas que ela muda constantemente de forma, e quando vemos os seres humanos como sistemas energéticos dinâmicos, chegamos à conclusão lógica de que a teoria da REENCARNAÇÃO, simplesmente reconhece a indestrutibilidade da energia; nosso corpo físico pode se deteriorar e morrer, mas a energia que o compõe e que o sustenta, simplesmente muda de forma e continua existindo.


Pesquisas cuidadosas na área de regressão a vidas passadas e futuras (Brian Weiss, Edgar Cayce...), evidenciam a nossa capacidade de restabelecer o acesso à memória celular num plano de consciência onde o passado, o presente e o futuro existem num estado de simultaneidade temporal. A vida num corpo humano pode ser comparada a freqüentar uma escola, é um processo de crescimento e aprendizagem; quando morremos, saímos do campo energético do corpo físico e, durante algum tempo, preservamos os campos energéticos dos corpos emocional, mental e espiritual. Estes estão integrados num campo energético de consciência e nos permitimos tirar férias. As férias são uma fase de reflexão, onde olhamos para o período letivo que acabou, vemos o que foi que aprendemos e se passamos em nossos testes ou fomos reprovados, Os testes pelos quais não passamos precisarão ser refeitos da próxima vez; aí então começamos a planejar o nosso próximo período letivo, selecionando o "currículo" e os assuntos que desejamos estudar.


Essa APRENDIZAGEM e estes testes estão relacionados com o nosso crescimento enquanto seres espirituais, e as lições que temos que assimilar em geral estão ligadas a coisas intangíveis como empatia, amor, compaixão, servir ao próximo, etc... é também um período para entendermos as relações afetivas e a vida em geral num plano denso, material; porque nós, as centelhas Divinas, optamos por estar nesta escola da vida no planeta Terra é outra história. Depois que aprendemos tudo o que há para aprender nessa escola e de passarmos em todos os nossos exames, vamos para outra instituição de ensino, rompendo assim o ciclo de reencarnações nesse plano terrestre.


A LEI UNIVERSAL DE MUDANÇA E TRANSMUTAÇÃO afirma que nossos campos energéticos individuais continuam a mudar de forma constante, como a própria energia; todavia a mesma lei afirma que a energia é indestrutível, o que nos faz concluir que nossos padrões energéticos pessoais (Jung - arquétipos) são igualmente indestrutíveis: nossa alma é imortal.


"Aprenda a controlar as vibrações, controlando os pensamentos e você terá nas mãos as chaves da Vida Eterna" – Annalee Skarin in We are Gods. A energia eterna ondula por toda a matéria, o poder da existência nos átomos com suas moléculas e elétrons em redemoinhos por toda a substância terrestre não é nada mais, nada menos que vibrações condensadas até chegarem ao PONTO DE TANGIBILIDADE lenta, pesada, mortal. Se conseguir controlar as vibrações, você acaba desenvolvendo a capacidade de controlar a substância e a energia material, isto é, obtém as chaves para abrir as portas da imortalidade, pois energia é vida e vida, luz, amor e energia são elementos eternos e são vibrações criadas pelo processo mental. Quando a pessoa eleva a própria FREQÜÊNCIA VIBRATÓRIA até a FREQÜÊNCIA DA VELOCIDADE DA LUZ, ela começa um processo de domínio e o seu Ser terá acesso a mais informações da Consciência Universal; nesse processo o Ser passa a ficar centrado e as configurações energéticas são mais ordenadas, holísticas e harmônicas.


Centrados temos acesso ao CÓDIGO UNIVERSAL e em contato com esta freqüência, compreendemos também as estruturas energéticas dos outros, pois somos um só. Na unidade desta existência temos condições de transmitir e receber mensagens e o que é mais importante: podemos nos transformar no remetente e no destinatário de mensagens, com uma compreensão perfeita. O arcanjo ARIEL (12ªdimensão) afirma que a matéria, tal como a conhecemos a partir da 3ª dimensão, é um adensamento da Luz; quando há um processo de adensamento, há um ponto em que ele chega ao afastamento máximo da forma mais pura de Luz; nesse ponto ocorre uma mudança e o planeta começa e inverter o seu processo, dando início ao que poderíamos chamar de trajetória de volta ao lar, de volta ao ponto Um. Toda vez que um planeta ascende ele muda de freqüência vibratória no sentido de ficar menos denso e mais leve, e empreende esse processo à sua própria maneira, única e intransferível.


A COSMOLOGIA EVOLUTIVA fala de sete faixas, com sete subplanos; a primeira pode ser vista com os sete planos do sistema solar, com seus sete subplanos, e é conhecida como o plano cósmico físico. Fala-se de sete planos cósmicos:
1. FÍSICO
2. ASTRAL
3. MENTAL
4. BÚDICO
5. ÁTMICO
6. MONÁDICO
7. LOGÓICO


Os planos de nosso sistema solar fazem parte do plano cósmico físico. Depois de completarmos os setes subplanos, passamos para o nível mais baixo do plano cósmico seguinte e assim por diante, evoluindo lentamente de volta à FONTE.


Já foi escrito que "um dia de deus, que é uma expiração e inspiração, dura 4 bilhões e 320 milhões de anos" (TEOSOFIA - TEOLOGIA), portanto nos restam 1,2 milhões de anos até a inspiração se completar e então inicia-se um novo ciclo. Dizem que o ponto médio exato entre a inspiração e a expiração é o ano 2012, última data do Tzolkin (calendário maia), e foi prevista pelos índios hopi e muitas outras civilizações; esse ano marca uma época de mudança assombrosa, com multidões despertando para sua verdadeira divindade.


À medida que voltamos para à luz, nossa experiência de tempo é afetada e em conseqüência, embora já tenhamos passado do ponto médio no tempo linear (expiração e inspiração), a velocidade do tempo está aumentando proporcionalmente à velocidade das oscilações. Da mesma forma, à medida que "envelhecemos", o tempo parece "voar". Nos é sabido, de canais competentes, que devido à mudança da freqüência e ao maior número de vibrações, nosso dia de 24 horas é agora experienciado como se tivesse 16 horas.


Para entender-se melhor a questão das FAIXAS DE FREQÜÊNCIA, existe a necessidade de diferenciar-se os planos dimensionais. No plano cósmico físico a faixa de freqüência mais elevada é a sétima, onde a consciência é uma experiência multidimensional; quando a consciência atinge este nível, tem condições de passar para a faixa de freqüência seguinte – com seus sete subplanos e a essa altura a consciência individual não existe mais, pois é o plano acima da MÔNODA, ou consciência de que EU SOU.


A 1ª DIMENSÃO é a dimensão dos minerais, da água, dos átomos e moléculas que constituem os códigos genéticos básicos. Assim a segunda dimensão é o plano da consciência linear, este é o plano do ponto ou consciência unidimensional.


A 2ª DIMENSÃO é a densidade dos reinos vegetal e animal; embora esses também tenham se tornado mais refinados em termos de freqüência devido às mudanças das vibrações planetárias e estejam entrando na terceira. Neste plano a consciência de si e do ego não existe.


A 3ª DIMENSÃO baseia-se na matéria e é um estado de consciência de volume, bem como de percepção do ego. A vibração deste plano cria a ilusão da separação, e por isso, é um desafio para o despertar individual; dá à humanidade a chance de descobrir que somos seres espirituais tentando ser humanos, em vez de seres humanos tentando ser espirituais.


A 4ª DIMENSÃO é um estado de supraconsciência e de reintegração da identidade de grupo sem a perda da identidade individual ou ego; dá capacidade de fazer conexão com realidades multidimensionais e é a última densidade que requer corpo físico. Baseia-se nas emoções e é conhecida como mundo astral; muitos de nós já acessamos esta dimensão numa transição que chama-se "CONVERGÊNCIA HARMÔNICA" que produziu um grande alinhamento energético e grande mudança na freqüência vibratória, tanto do planeta quanto dos seres que vivem nele. Em dezembro de 1994 a Terra recebeu uma grande quantidade de energias que ainda estão sendo alinhadas e que vão continuar acontecendo em graus maiores ou menores.


A 5ª DIMENSÃO é um plano de consciência experiencial do "eu" enquanto identidade de grupo e não está limitada pelo tempo linear. Os seres desse plano podem assumir forma física quando e se quiserem. Nesta dimensão todos são Mestres, MULTIDIMENSIONALMENTE conscientes e totalmente dedicados ao Espírito e a servir a Vontade Divina.


A 6ª DIMENSÃO é a CONSCIÊNCIA CRÍSTICA, ou BÚDICA, o tipo de percepção onde se assume responsabilidade pelo todo, em vez de apenas por si mesmo; é onde a MÔNODA está ancorada. Dizem que é o plano da consciência que existia em Jesus quando ele se tornou Cristo. A sexta dimensão é o molde das estruturas de DNA de toda a criação, é feita de cor e som e contém todas as linguagens da luz; é onde a consciência cria o pensamento e onde as criaturas trabalham e aprendem durante o sono; aqui os seres são energia pura, mas podem criar um corpo, se quiserem e se for necessário, como na quinta dimensão.


A 7ª DIMENSÃO é pura luz, som puro, geometria sagrada, criatividade e expressão puras: um plano de sofisticação infinita. Nosso planeta agora vibra no topo do plano astral e à medida que continua mudar e ascender, as dimensões mais baixas serão "lançadas nas dimensões mais altas e deixam de existir". As dimensões abaixo da quinta são conhecidas como "os planos inferiores da criação" e aquelas entre a quinta e a nona são o reino médio da criação.


O processo de EVOLUÇÃO ESPIRITUAL de um ser, se reflete em sua freqüência vibratória e estrutura molecular; o espaço entre elétrons, nêutrons e prótons da estrutura atômica torna-se maior à medida que a "luz" se expande dentro do átomo e essa luz vai refletir na percepção que um ser tem de sua natureza divina inerente. Quanto mais cresce esta Luz (ou consciência), vai expandindo-se e ocupando cada espaço do átomo, mudando sua freqüência e número de oscilações; quanto mais se expande a consciência, mais se aumenta o quoeficiente de luz da estrutura celular e torna-se multidimensional.


À medida que nossas freqüências mudam (nosso DNA está sendo modificado a fim de acomodar essas mudanças e caminha para ter 12 filamentos, evoluindo, por necessidade, em 40 anos o que não evoluiu em 3 bilhões), mudam também as nossas faculdades como telepatia, cura pelo toque, clarividência, transporte para lugares distantes. Não há como evitar esta mudança, pois faz parte da evolução da Terra, mas pode-se acelerá-las. Somos instrumentos e estamos sendo afinados para operar com a nossa capacidade máxima; nossa existência vai se tornar mais harmoniosa e sincrônica, possibilitando uma vida mais feliz, repleta de magia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!