4 de novembro de 2011

CONHECE A TI MESMO

Com pessoas apresentando soluções em todos os lugares, seja através do circo político, lideres espirituais, aos movimentos mais progressistas oferecendo soluções auto-sustentáveis, muitas pessoas parecem ter um plano de como "consertar" o mundo. Outros dizem que tudo é exatamente como é suposto ser tudo o que precisamos fazer é ir com o "fluxo", o foco em "amor e luz" e tudo vai ficar bem. Ideias visionárias são boas e muito bom tê-las no entanto esperanças baseadas em ideias podem dar em nada não não há fundamentação
que a sustentem. a Noção popular é que devemos "fazer", "atuar" ou "votar" e parece que a maioria das pessoas quer apenas que alguém lhes diga o que fazer, logo eles não tem que pensar muito por conta própria. 

A Questão é de que somos realmente capazes de "fazer" se nem mesmo nos conhecemos a nós mesmos? O que é a humanidade?

Sim somos todos um, mas estamos realmente somos os mesmo por dentro?
Vemos, sentimos, pensamos da mesma maneira? 
Quem pode dizer o que é bom para o mundo? 
E o que não é?

As questões que o mundo enfrenta, a destruição, ganancia, genocídio, colapso económico não podem ser resolvidos até que o homem se encare e trabalhe para ter auto-conhecimento, além do culto do ego. A humanidade está profundamente condicionada através da cultura, sociedade, religião, comunicação social nacionalismo, educação, governo e todos os tipos de crenças ilusórias. Antes que possamos oferecer todas as soluções que precisamos para nos tornar conscientes deste condicionamento e fazer o trabalho necessário para realmente compreender a nós mesmos com nossa mecânica comportamental reativa, vícios emocionais e nossos preconceitos automáticos de rejeitar a informação de que os conflitos com a nossa visão do mundo. 

Auto-Conhecimento honesto exige esforço e coragem quando tiver que enfrentar o condicionamento social e a programação, com como as mentiras que está dizendo de si mesmo, a fim de se ajustar no contexto se a pessoa é sincera consigo mesmo, este processo o levará, inevitavelmente, a confrontar as mentiras do mundo e se começar a ver o mundo como ele o é, não como gosta ou assume que seja isto resultará em um aumento da consciência e percepção, passando de subjetividade para uma visão mais objetiva deixando de lado o falso e o auto-condicionamento, abraçando um maior auto-conhecimento com base na verdade, essencialmente Amor, que é um estado mais elevado do ser e não apenas um estado emocional.

Quanto mais vemos a nós mesmos e o mundo objetivamente, mais sabias se tornam nossas escolhas, e nossa ação resultante terá um impacto positivo e duradouro. Este trabalho deve ser feito de dentro para fora, pois ambos são interligados. Assim como NEO, quando acordou no filme "The Matrix", a visão não é necessariamente agradável, uma vez que as ilusões, buffers e programas tenham sido desligados. Apenas a verdade nos libertará Uma vez que podemos ver, especialmente o DESAGRADÁVEL, os aspectos de nossa realidade, que muitas pessoas gostariam de ignorar, teremos uma melhor compreensão sobre o que fazer.

O despertar somente é possível para aqueles que a buscam e a querem para aqueles que estão prontos para lutar consigo mesmos e trabalhar em si mesmo por um longo tempo e de maneira persistente a fim de alcança-lo (G I Gurdjief)

A necessidade de "Conhecer a ti mesmo" foi transmitido através de muitos sábios e antigos ensinamentos em todo o mundo por milhares de anos. No entanto, a profundidade destes ensinamentos e o trabalho necessário para atingir um estado superior de consciência têm sido distorcida e colocada por baixo da arena da Nova Era e Movimentos Conscientes nestes dias. Alguns deles deliberadamente a fim de orientar as pessoas para longe da verdade. Desinformação é usada pelos poderes que seres que se infiltraram, não apenas nos partidos políticos e organizações progressistas, mas também no movimento da Nova Era.
O Próximo passo é a manipulação dos valores espirituais e tendências, não é acidental de que nos últimos anos temos visto um novo pensamento religioso A Religião do Consentimento e Passividade: confiança nos processo; o que quer que aconteça é o que precisa acontecer; todos estão justamente no lugar que deveriam estar; não resista; Consinta com tudo; resistir é ser negativo, é ter medo, é ser inconsciente. Uma grande receita para convencer os nativos em darem as chaves de seu reino, uma muito boa, esperta forma de manipulação (M.V. Summers)
As religiões tem sido usadas para controlar a sociedade há muito tempo. O Movimento nova Era com os seus muitos ensinamentos distorcidos parece se tornar a nova RELIGIÃO MUNDIAL direcionando pessoas para a complacência e a conformidade com uma compreensão simplista de que "somos todos um" ou "tudo o que precisa é de amor". Muitas pessoas já acreditam que estão acordadas e conscientes, mas ainda estão apenas sonhando que estão acordados.
Na verdade o que vemos hoje em dia na Nova Era é semelhante aos seguidores das religiões dogmáticas a crença cega, os bons pensamentos, projeções emocionais e falta de pensamento critico. A desinformação eficaz sempre contém uma boa quantidade de verdade para atrair o buscador más há mentiras suficientes para levar a pessoa para longe e mantê-los em uma parca visão subjetiva. O mesmo pode ser dito sobre os muitos gurus de auto-ajuda, e muitos outros que afirmam conhecer o caminho para a felicidade e abundância, porém eles estão na verdade para que você o ajudá-lo a ajudar a si mesmo dando técnicas de como atrair e manifestar dinheiro, relacionamento satisfatorio, emprego perfeito, amantes e assim por diante...
Enquanto eles ganham milhões através do desespero das pessoas que buscam felicidade e uma saída. O Homem deve ter resultados, resultados reais, na sua vida interior e exterior. Não quero dizer dos resultados das pessoas modernas que se esforçam após suas tentativas de auto-desenvolvimento. Estes não são resultados, mas sim a mera reorganização da matéria física, um processo que os budistas chamam de "samsara" e o qual a bíblia chama de "poeira" (Jacob Needleman).
Um olhar mais profundo a alguns dos ensinamentos de auto-ajuda, pode se observar que a maioria apela para o ego com o seus desejos condicionados e retentores. Eles promovem e direcionam para seguir o desejo sem realmente entender de onde vêm, pra começar. Em certo sentido o que é vendido hoje como espiritualidade é completamente o oposto dos clássicos ensinamentos da tradição esotérica. É mais uma fuga,
um outro retentor para parar de ver o mundo e a si mesmo como realmente é.
A Verdadeira auto-ajuda não é um passeio pelo parque ou é sobre manifestações dos teus desejos. O Objetivo de qualquer trabalho esotérico deve ser aquele com objetividade. Primeiramente sobre nossa compreensão de nós mesmos, e então, quando os filtros e programas forem desalojados do mundo um verdadeiro ensinamento esotérico terá, portanto, não apenas foco em "conhece a ti mesmo", porém, também proverá um conhecimento da realidade de nossa realidade. Se um ou outro aspecto não estão nos ensinamentos, logo você terá a certeza que é incompleta, e um ensinamento incompleto, mesmo que por ignorância do mestre, mesmo que inconsciente, é perigosa (Henry See, do "predador espiritual" Prem Rawat conhecido como Maharaji).
Isso não quer dizer que todos os autores em destaque e os professores não mentirosos de propósito. Eles mesmos podem ser enganados e espalham desinformação, sem saber, mesmo que seja bem intencionado. A maioria deles tem mais conhecimentos sobre marketing e venda de si do que a compreensão do trabalho espiritual. Não é preto no branco, mas mentiras são mescladas com a verdade, então o discernimento é fundamental A verdade sobre o nosso mundo e a humanidade tem sido suprimida durante milhares de anos
e certamente não serão revelados, em breve, no programa da Marcia.
Muitos se tornaram populares por quê falam e escrevem com estilo reducionista o que traz a complexa e perturbadora descida a uma formula enlatada que é supostamente tudo espiritual Dúzias dos chamados autores da Nova Era poderiam juntar seus trabalhos em um grande volume chamado: "Como se tornar consciente no âmago de seu ser sem atrapalhar a rotina de seu confortável estilo de vida" (Lew Paz, O Ultimo empurrão: Fundamentos do autentico auto-conhecimento)
Não há vinda a consciência sem dor. A pessoas fazem qualquer coisa, não importando o absurdo, em ordem de evitar encarar a sua própria alma. O individuo não se torna iluminado imaginando figuras de luz, mas fazendo a escuridão consciente (Carl Gustav Jung).
A necessidade de buscar a verdade em si, do mundo e atuar sobre ele tem que vir de si mesmo. Ninguém pode fazê-lo para outro e ninguém pode obrigar o outro a fazê-lo, até que o homem mesmo perceba os preciosos momentos que vivemos. O Livre arbítrio não é realmente "livre" enquanto o homem atue por sua personalidade condicionadas. Pessoas que não se conhecem continuarão a viver sob uma prisão auto-imposta, uma prisão sem grades ou paredes, valorizando seus lideres como salvadores, como uma global Síndrome de Estocolmo, adorando e defendendo os que os mantêm prisioneiros. Eles se tornam instrumentos para a matriz, pensando que são livres mas estão apenas reagindo mecânicamente a influencias externas e condicionamento acumulado Nenhuma mudança vai acontecer simplesmente encaminhando os vídeos mais recentes de conspirações, questionando os ensinamentos da Nova Era e duvidoso material canalizado, meditando sobre o amor e a luz buscando por soluções sustentáveis ou simplesmente protestando com algumas faixas e slogans.
Sim, alguns dos que podem desencadear e plantar sementes de consciência, mas em ultima analise, a mudança acontece somente se nós mudarmos, separando mentiras das verdades, tanto dentro quanto fora. Apenas então seremos capazes de ver o mundo como ele é, sem filtros de negação, ilusão, falsas esperanças e equívocos por causa de nosso estado de ser corrompido.
Para ver a verdade no mundo, precisamos ver a verdade em nós mesmos e parar de mentir para nos mesmos. Só então seremos capazes de saber o que fazer e agir sobre. O que trará a paz é a transformação interior, o que liderará a ação exterior. A transformação interna não é isolamento, não é a retirada de ação do externo. Ao contrário, somente pode haver ações corretas somente quando houver pensamento correto e não há pensamento correto quando não há auto-conhecimento. Sem conhecer a si mesmo, não há paz. 

Um ideal é uma mera fuga, o evitar o que é, a contradição do que é. O ideal previne uma direta ação no que é. Para se ter paz, temos de amar; temos de começar em não viver uma vida ideal mas ver como as coisas atuam sobre elas, transformando-as. Enquanto cada um de nós busca uma segurança psicológica, a segurança psicológica que precisamos como; comida, vestimenta e abrigo, é destruída. Alguns de vocês vão balançar a cabeça e dizer: "Concordo", e quando saírem farão exatamente o que tem feito nos últimos 20 anos. Seu consentimento é meramente verbal e sem significado, a miséria e guerra do mundo não cessarão pelo seu casual consentimento. Somente cessarão quando você perceber o perigo, quando perceber a responsabilidade, quando não deixar para o outro. Se perceber o sofrimento, se ver a urgência da ação imediata e não deixar para depois, então você vai transformar você mesmo. (Jiddu Krishnamurti)
Durante está época de transição, há um despertar acontecendo, sem duvida. No entanto, também estamos na Era do Engano, e se as pessoas não conhecem a si mesmos, eles vão se enganar sobre da realidade para a ilusão e a ilusão da realidade. O termo Despertar deve ser cuidadosamente observado, porque as pessoas podem despertar para apenas outra forma de ilusão e sonhar que estão acordados enquanto ainda dormem.
Por outro lado, auto-ajuda pode facilmente se transformar em uma atividade narcisista, estar por demais ocupada com si mesmo, ou não tem uma comunidade que possa dar uma resposta positiva e espelhamento.
As soluções apresentadas por vários "Movimentos Consciente" nos dias de hoje, são de pessoas que tem boas intenções e elas mesmas não são tem má índole no entanto, deixando de fora a necessidade de se aprofundar na auto-ajuda, o qual é imprescindivel para ser a mudança nada vai fundamentalmente mudar e destas tantas soluções se tornarão apenas castelos de areia.
É também, pré-requisito para buscar a verdade no mundo, para que a percepção individual seja clara para discernir mentiras de verdades. A Honesta auto-ajuda anda de mãos dadas com o olhar para as questões globais que parecem ser ignoradas por muitos auto-proclamados "Conscientes" que querem um mundo melhor. seja no 11/09, no Sionismo, Psicopatia e Ponerologia, o Fenómeno UFO, e muitos outros segredos presentes e passados. Ainda há muito que devemos encontrar antes de um acordo com qualquer forma de "Idade de Ouro" venha se manifeste.
A supressão do conhecimento é o nome do jogo. Existem armadilhas e becos sem saída no caminho para o despertar e há forças que fazem seu melhor para manter a humanidade dormindo. Não é coincidência que grande parte deste conhecimento esotérico crucial tenha sido filtrado e difícil de se encontrar nos movimentos atuais de Espiritualidade, Conscientes e Movimento Nova era 
Conhecimento protege; Ignorância põe em perigo.
Tente por um momento aceitar a ideia de que você não é o que acredita ser, que você super-estima você mesmo, de fato que você mente pra você mesmo. Que você sempre mente pra você mesmo a todo momento, todos os dias, toda a sua vida. E que estas mentiras te controlam em tal extensão o qual não tem mais o controle sobre ela. Você é a presa da mentira. Você mente, em todo lugar. Seu relacionamento são outras mentiras a educação que você dá, são mentiras convencionais. Seus ensinamentos Mentiras. Suas teorias, sua arte - mentiras. Sua vida social, sua vida conjugal - mentiras. E o que pensa de si mesmo - também mentiras. Mas você nunca parou no que está fazendo ou no que está dizendo porque acredita em si. Você deve parar intimamente e observar. Observe sem preconceitos, aceitando por um tempo está ideia de mentir. e se dessa maneira observar, pagando a si, sem remorso, largando toda a sua suposta riqueza por um momento de realidade, talvez você subitamente verá algo que nunca viu antes em si até este dia. Verá que é diferente do que pensava ser. Verá que és dois. Um que não é, mas toma o lugar e faz o papel do outro. E um que é, e ainda assim fraco, tão insubstancial, que aparece tão rápido e imediatamente some. Ele não suporta mentiras. A mínima mentira o faz desmaiar. Ele não luta, ele não resiste, ele é derrotado antecipadamente. 
Aprenda a observar até que tenha visto a diferença entre suas duas naturezas, até que veja as mentiras, seu próprio engano. Quando tenha visto suas duas naturezas, aquele dia, em si, a verdade nascerá 
Da "A primeira Iniciação" por Jeanne de Salzmann
Extraído do Vídeo
http://www.youtube.com/watch?v=is3CPHzCg_w

Inspirado em
http://veilofreality.wordpress.com/2010/10/29/know-thyself/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!