19 de outubro de 2011

QUEM É O INIMIGO? QUEM É VOCÊ?


Hoje gostaria de refletir com você sobre dois assuntos críticos em nossa jornada rumo ao auto-conhecimento. O primeiro deles é a nossa percepção de quem realmente somos, o outro é sobre quem são os senhores ocultos do mundo, aqueles que nos mantém em quarentena e os que intentam nos manter escravizados.

Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo

Quem é você, Já paraste para pensar sobre isso? Com certeza você já respondeu a essa pergunta milhares de vezes durante a sua vida. Quando preenche um cheque, você tem que assinar seu nome, sempre que faz uma compra na internet você preenche um formulário com todos os dados que definem você: Seu nome, endereço, CPF, data de nascimento... Você já parou pra pensar se você é realmente isso? Confesso que durante muitos anos da minha vida nunca refleti a respeito, acreditava verdadeiramente que eu era o reflexo desses "dados". Me definia como sendo o fulano de tal dos anzóis, que nasceu na data x, que é da nacionalidade y, filho de fulano e cicrana, do sexo tal, aparência assim e assado. Até que um dia percebi que as coisas não são bem assim. Reflita comigo um pouco a respeito disso e vejamos onde o buraco do coelho vai nos levar.
Aqui no blog nós já vimos repetidas vezes que nossa essência é imortal, eterna e que nós já vivemos neste e em outros mundos diversas vezes. Já refletimos sobre a realidade maior além do mundo físico e sobre o processo de reencarnação, não é verdade? Agora vem a pergunta: Mesmo com toda essa informação você continua acreditando na ilusão de que você é o João ou a Maria?!? Eu sei, é complicado pensar diferente quando desde o nascimento seus pais te "batizaram" de João, disseram a você que seu nome é João, uma das primeiras coisas que você aprendeu a fazer quando bebê foi virar a cabeça e atender quando chamavam por João, todo o mundo acredita também que você é o João... é realmente difícil pensar outra coisa, não é mesmo? Entretanto, será que você acreditava que era o João apenas alguns anos antes de nascer? Agora dei um nó em sua cabeça, não é? Na verdade, a maioria de nós se definia como sendo a personalidade da encarnação anterior. Afinal, nós já sabemos que a grande maioria da humanidade quando chega lá do outro lado continua acreditando na mesma ilusão que nós aqui. 
Então, meu amigo, se a apenas alguns anos atrás... 40, 50 anos, dependendo de sua idade, você se definia como alguém totalmente diferente de agora, talvez alguém de nacionalidade diferente, de sexo diferente, com certeza de aparência diferente... podemos concluir que esse conceito de personalidade é uma ilusão, uma distorção criada pelo ego exacerbado o qual nos deixamos subjugar a cada nascimento. Sua personalidade faz parte de Maya, a ilusão do mundo físico. E se você pretende se libertar da prisão, um passo extremamente importante a ser dado é compreender que você é bem mais do que seu ego! Você precisa entender íntimamente, não apenas conceitualmente, que você é uma centelha divina, um ser eterno experimentando os diversos aspectos da individualidade e da própria criação. Enquanto você continuar se deixar definir pelo ego, essa verdade não estará alicerçada em seu coração. Entenda, de uma vez por todas, que você está o João, está a Maria, você não é esse indivíduo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!