10 de julho de 2014

AFINAL, EM QUE CONSISTE O EQUILÍBRIO?

Equilíbrio é a habilidade de manter o centro de gravidade do corpo, minimizando oscilação postural. É um estado de equilíbrio corporal caracterizado por completo silêncio, o vazio de forças opostas em todos os lados.

O equilíbrio é conseguido através da coordenação de três sistemas do corpo: o sistema vestibular, sistema motor e do sistema visual. O sistema vestibular está localizado no ouvido interno, o sistema motor é feito de músculos, tendões e articulações, o sistema envia os sinais visuais dos olhos ao cérebro sobre a posição atual do corpo.

A busca do equilíbrio na vida pessoal é algo bastante recorrente nos dias de hoje. E apesar do que muitos pensam, é bem mais fácil de se atingir do que se imagina.

Há três aspectos fundamentais que precisam ser levados em conta quando uma pessoa busca o equilíbrio pessoal: o aspecto físico, o mental, e o espiritual. Trabalhando um mínimo cada um desses três aspectos todos os dias é um imenso passo para alcançar equilíbrio e maior tranquilidade no seu dia-dia.

Trabalhar a mente corretamente pode ser um desafio, ainda mais quando estamos constantemente bombardeados por lixo intelectual, seja através da televisão, seja através da mídia em geral. Distrair-se com lazer, não faz mal a ninguém. O problema é quando se deixa de lado a possibilidade de trabalhar a mente com algo que enriquece. Isso pode ser feito fazendo algum curso, ou simplesmente lendo um bom livro. A leitura, principalmente aquela que agrega conhecimento na vida de uma pessoa, acaba sendo dos maiores instrumentos que podemos ter. Portanto, vale a pena ler, e sobre todos os assuntos. Fortalece e enriquece a mente

Ficar em equilíbrio não é uma questão de ficar rigidamente em um ponto. O equilíbrio é encontrado em constante deslocamento do corpo para fazer ajustes sutis.

A dança mantém o corpo equilibrado requer rápidas mudanças no posicionamento do corpo, especialmente nos pés, tornozelos, joelhos e quadris. Porque os olhos não se fixam em um único ponto, um bom equilíbrio é necessário para tornar suave, movimentos completos.

Os exercícios a seguir devem ajudar a melhorar seu equilíbrio. Estar ao lado de uma cadeira ou parede, no caso você precisa pegar o seu equilíbrio.

1 - Permaneça descalço, suba lentamente para a meia-ponta dos pés, pressionando os dedos dos pés para o chão. Concentre-se na centralização do peso do corpo em algum lugar entre o calcanhar e o dedão do pé. Tente puxar para cima e para fora das articulações, mas manter os joelhos relaxados. Abaixe o calcanhar lentamente e repita.

2 - Fique em um pé sobre uma superfície dura, sem travar os joelhos. Divida o peso do corpo em partes iguais entre o calcanhar e a bola do pé. Fique nesta posição por um minuto, em seguida, mude para o outro pé.

3 - Fique em um pé com o peso do corpo dividido entre o calcanhar e a bola do pé. Levante o calcanhar e gire lentamente para a esquerda (uma volta de 90 graus) sobre a bola do pé, então pare e abaixe o calcanhar. Repita algumas vezes, em seguida, alternar os pés. Uma vez que você estiver confortável com curvas pequenas, tente voltas inteiras.

Se você perder o seu equilíbrio durante os exercícios, tente recuperá-lo rapidamente com o ajuste mínimo possível. Estenda a mão e toque levemente a cadeira ou parede com a ponta dos dedos. Quando você se sentir firme tente novamente.

O equilíbrio como princípio universal

Boa parte dos problemas tem sua origem na não-observação de um princípio universal: o Equilíbrio. É universal porque se aplica a tudo, regula e orienta comportamentos e decisões.

Toda emoção é inconstante, tudo é mistério, tudo é instável, tudo é movimento. O aprendizado é se equilibrar nessa gangorra.

Do ponto de vista físico, o equilíbrio está relacionado com o fato de um objeto ou sistema manter suas propriedades inalteradas ao longo do tempo.
Embora a procura pelo equilíbrio seja algo importante em nossas vidas, são os desequilíbrios que promovem as transformações, seja nos processos físicos, seja em nosso cotidiano. No caso dos processos físicos, essas mudanças seguem leis naturais. Quanto a nós, temos a capacidade de escolher os caminhos que queremos tomar. 

O caminho do meio


Caminho do Meio é uma expressão que sugere evitar os caminhos extremos.

Os gregos antigos ensinavam a temperança, a prudência, o bom senso, a moderação, a modéstia como um estado de espírito calmo e são. Esta era uma virtude que se contrapunha ao excesso, orgulho, insolência, impetuosidade, desenfreio, ultraje, insulto, desespero, violência. Nada em excesso.

Todos os excessos prejudicam o equilíbrio do corpo e da mente.


Referências: Bonder, Milton, A Origem Cabalística de Algumas Expressões do Português, in Revista do Clube A Hebraica, outubro de 2005.
http://www.dicasdedanca.com.br/dicas-de-danca-%E2%80%93-melhore-o-seu-equilibrio-%E2%80%93-3-exercicios-para-aumentar-seu-equilibrio.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!