3 de outubro de 2016

MINISTRO DO IRAQUE DIZ QUE SUMÉRIOS ERAM ASTRONAUTAS

O ministro dos Transportes iraquiano Kazem Finjan fez essa semana uma declaração muito séria numa conferencia de imprensa em Dhi Qar, no sul do país. Disse que os antigos sumérios inventaram a viagem espacial (no Iraque) há 7.000 anos atrás, acrescentando também que havia um centro para a exploração do cosmos e foram os sumérios que nos relataram Plutão.

Finjan pede aos céticos de plantão que estudem mais e conheçam as obras dos especialistas sumérios, como o pesquisador russo Samuel Kramer.

Samuel Kramer é um cientista que analisa a mitologia deste povo antigo e as suas ideias sobre o nosso sistema solar. Kramer morreu de câncer em a Estados Unidos em 1990 e publicou numerosos trabalhos.

Abaixo deixo links de seus livros para seu deleite.

Hayder al-Khoei, pesquisador do Centro de Estudos xiitas Acadêmicos, juntamente com um vídeo da conferência de imprensa postou no Twitter:

"momento estranho e acho que ninguém teve a coragem de contradizê-lo".

Muitas ruínas antigas são encontrados em Dhi Qar, como as cidades sumérias de Eridu e Ur, a casa de antigo templo Zigurate de Ur, que foi escavada na década de 1930 e desde então foi parcialmente restaurada no governo Sadann Hussein.

"O primeiro aeroporto que foi estabelecida no planeta Terra foi neste lugar", disse Finjan, indicando a cidade que cerca as provincias Nasiriyah em Dhi Qar, 370 quilômetros a sudeste da capital Bagd .

O ministro iraquiano foi além, afirmando que os anjos "eram todos sumerianos" e "naves espaciais" sumérias foram lançadas a partir daqui para os outros planetas."

Já deu pra notar que Yuri Gagarin dançou nessa história...

Este não é o primeiro "alerta" científico feito por políticos seniores e membros do gabinete iraquiano. No ano passado, atual Ministro do Exterior iraquiano, Ibrahim Al-Ja'afari insistiu que a fonte para dois principais rios do Iraque, o Tigre e o Eufrates,fluiu do Irã e não a partir de Turquia.

Uma coisa é certa; eles sabem mais do que contam. Alienados são os que duvidam, ridicularizam sem investigar, pesquisar para contestar essa afirmações.

Já vimos que basear indiscutivelmente em “verdades” descritas por meia dúzia de acadêmicos do século passado não nos trará boas referencias. A investigação precisa ser feita hoje, agora e com investimento que supere a descrença em mitos e lendas da nossa história.

Há muito que analisar, confrontar e expor para essa atual civilização enganada. Que cada um faça bom uso dessas informações para crescer como seres em franca evolução desejando a liberdade de suas almas do próximo ciclo.

laura botelho
(...)

Os sumérios, as pessoas pragmáticas e talentosas que precederam os semitas na terra inicialmente conhecidos como Sumérios e mais tarde como Babilônios, criaram o que foi, provavelmente, a primeira grande civilização na história do homem. Este livro é um compêndio sem igual do que se sabe sobre eles.

Professor Kramer comunica o seu entusiasmo para o assunto descrevendo suas cidades, religião, literatura, educação, realizações científicas, estrutura social e psicologia. Finalmente, ele considera um legado dos Sumérios para o mundo antigo e moderno.

"Há poucos estudiosos no mundo qualificado para escrever um livro, e certamente Kramer é um deles.... Uma das características mais valiosas deste livro é a quantidade de textos e fragmentos que são publicados pela primeira vez em um formulário disponível para o leitor em geral. para o leigo o livro oferece uma leitura fácil e up-to-date introdução a uma cultura mais fascinante. para o especialista apresenta uma síntese com a qual ele pode não concordar, mas a partir do qual ele irá, no entanto, obter estimulação. "- American Journal of Archaeology

1. Arqueologia e Decifração
2. História: Heróis, reis
3. Sociedade: O sumeriana Cidade
4. Religião: Teologia, Rito e Mito
5. Literatura: A sumeriana Belles-Lettres
6. Educação: O sumeriana Escola
7. Character: Drives, motivações e valores
8. O legado dos Sumérios
Bibliografia selecionada
Index


Leia mais no link abaixo:

Ministro do Iraque diz que Sumérios eram astronautas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!