2 de janeiro de 2012

FENÔMENOS CURIOSOS DE NOSSO MUNDO

... Que ainda sem explicação, intrigam pesquisadores e cientistas e podem confundir astrônomos e ufólogos.

Os misteriosos "Duendes" e "Elfos" dançam na atmosfera da Terra, entretanto esses fenômenos não são criaturas míticas, eles são discos, globos e riscos de luz causados por um raio. Os cientistas pela primeira vez, obtém imagens em 3D dessas enigmas luzes, o que poderia lançar uma idéia sobre as suas origens e se elas influenciam o clima do planeta.

Luzes estranhas, chamadas de “Duendes e Elfos” são avermelhadas, ultra-rápidas explosões de energia elétrica, brilhantes o suficiente para serem vistas durante o dia. Os “Duendes” apresentam-se sob a forma de águas-vivas, começando como bolas de luz que vertem um fluxo para baixo, enquanto os “Elfos” são em forma de anel ou  halos. Eles nascem perto da borda, na tangente do espaço, na alta atmosfera terrestre, acima das nuvens em altitudes que chegam a 80 km.

Os primeiros cientistas capturaram imagens de Duendes e Elfos, dançando acima de trovoadas, no final dos anos 80 e início dos anos 90. Pilotos de aviões já os observam a décadas anteriores, mas como eles aparecem e desaparecem tão rapidamente, “nenhum piloto estava disposto a reconhecê-los, até então, pois pensavam tornaram-se alvo de observações sobre seu estado mental”,  disse o pesquisador Hans Stenbaek-Nielsen, da Universidade do Alasca, em Fairbanks.Se você piscar, você pode não vê-los ... Eles duram da ordem de 10 milissegundos”.

Agora, com um par de aviões a jato, cientistas registraram em alta velocidade, imagens em 3D destes Duendes e Elfos.

Temos uma das melhores fotos de Duendes no mundo”, disse Yukihiro Takahashi pesquisador, da Universidade de Hokkaido em Sapporo, no Japão, que apresentou a pesquisa no dia 05 de dezembro, na reunião anual da União Geofísica Americana.

No alto do céu

Os aviões voaram para além da cidade do Colorado – EUA, a partir de 27 junho - 10 julho, variando sobre o oeste dos Estados Unidos em altitudes de cerca de 13.700 metros. No chão, colaboradores que sabiam onde as tempestades poderiam surgir em todo o país ajudaram. As aeronaves foram separadas por uma distância de cerca de 20 km, gravando os “enigmas” de uma distância de cerca de 300 km, a taxas de vídeo de alta velocidade, de 10.000 frames por segundo. O objetivo era vê-los a partir de dois ângulos diferentes para criar imagens em 3D, assim como vemos o mundo em três dimensões usando dois olhos.As imagens resultantes fazem as luzes parecerem, que estão no comprimento do braço”, disse Stenbaek-Nielsen.

Os cientistas esperam uma melhor compreensão da estrutura tridimensional desses enigmas e de como podem estas luzes se formarem.

Ainda não sei porque os Duendes têm estruturas ondulares”, disse Takahashi.

Conexão com os Relâmpagos

Numa das hipóteses, o culpado principal por causar os Elfos e os Duendes é a estrutura carregada positivamente de um relâmpago, que representa cerca de 10 por cento de todos os raios batendo no chão. Uma vez que este raio drena as nuvens de carga positiva, “as nuvens acabam carregadas negativamente”, disse o pesquisador Matthew McHarg, diretor do Centro de Física Espacial e Pesquisa Atmosférica da Academia da Força Aérea dos EUA no Colorado.

Crédito: www.ouramazingplanet.com

Essas cargas negativas das nuvens, criam um campo elétrico, construindo entre elas a camada superior da atmosfera, conhecida como ionosfera. Quando este campo elétrico é suficientemente forte, os Duendes e Elfos aparentemente aparecem. Imagens revelam que os Elfos vêm em primeiro lugar, apresentando um anel com a estrutura de “halo”, seguido pelos Duendes, embora os Duendes, também foram vistos sem qualquer formação de halos ou Elfos. Permanece incerto qual é a importância dos Duendes, disse Stenbaek-Nielsen.São como o arco-íris, bonito de se olhar, mas não têm além disso nenhum significado, ainda”.

Fonte: Fox News – Todos os Direitos Reservados
Leia a matéria em inglês AQUI
Fonte Alternativa de pesquisa (vale a pena conferir!) AQUI

Direitos Reservados - Projeto Quartzo Azul ©©

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!