22 de fevereiro de 2012

O UNIVERSO INTERIOR

Todas as pessoas possuem um universo interior. Este universo é composto pelos nossos pensamentos, sentimentos, desejos e anseios de todas as espécies. O mundo material, externo, é visto por nós de uma maneira específica, pelos olhos que partem do nosso universo interior. Neste mundo material, nós temos uma maneira própria de manifestação, uma característica humana, uma forma de ser. O nosso interior é mais profundo, pois vê e sente coisas que não podem ser percebidas ao nível físico. Tudo o que podemos ver e sentir no mundo físico, nem sempre parte das profundezas de nossas almas.

Todos nós temos muitos anseios por certas realizações, a serem efetuadas em nossas vidas no mundo físico. Estas realizações, ao se concretizarem, farão com que o foco de consciência do Ser Humano retroceda à sua origem, de forma tão rápida e intensa quanto for o tempo em que as realizações cumpram-se efetivamente. Todos nós temos um plano e uma programação existencial para a nossa vida atual. Este plano existencial pode ser necessário por diversos motivos, e o principal é o resgate cármico. Quando um espírito está em falta com as suas obrigações básicas na
matéria, há uma necessidade natural de uma nova experiência no mundo físico para que ele possa materializar atitudes corretas, substituir comportamentos impulsivos e aprender sobre as razões de sua própria existência. O principal objetivo das sucessivas reencarnações, é dar a todos os seres a possibilidade de superação total deste plano de provas, que é o plano físico. O que significa superar o plano físico?

Significa atingir a perfeição em todos os níveis básicos de aprendizado da matéria, alcançar a plenitude de consciência. A consciência plena é aquela que superou a dualidade, e que conseguiu realizar a perfeita integração das forças contrárias que existem dentro do próprio Ser, tal como conhecemos a Luz e as Trevas. Como consequência, a consciência unificou e resgatou todas as partes de si mesma, que sempre pertenceram ao espírito, por natureza e essência. Estas partes que foram resgatadas, correspondem a cada virtude e característica do espírito. É uma reintegração do Amor e da Sabedoria do Pai, de forma que os espíritos estejam vibrando numa frequência mais elevada, dentro de um só sistema pleno e unificado.

Como dissemos anteriormente, à medida que os sistemas inferiores são superados, o foco de consciência dos seres humanos retrocederá à sua origem. Retornar à origem significa retornar ao Pai, retornar ao sentido básico de nossa própria vida.

Extraído do livro: O EU SUPERIOR - NOSSO VERDADEIRO MESTRE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!