10 de abril de 2011

A Kabbalah e a Consciência Crística



Teme as coisas fáceis; é mais fácil para ti conversar que escrever, mais fácil escrever que orar, mais fácil orar que agir (...) Poetas, oradores, vosso objetivo é somente bem falar, o dos sábios é bem pensar; o objetivo dos justos é bem agir.” Saint-Martin (O Homem de Desejo,p.130)






Todos os programas de estudo de todos os graus de espiritualidade exigem um pré-requisito básico para passar de um nível para outro, é o aumento da Consciência Crística. Esse aumento está diretamente relacionado com o nosso livre-arbítrio, seguindo uma seqüência de evolução do ego ou autoconsciência, da consciência do próximo, da mudança de consciência e pôr fim da Teoconsciência.

a) A Consciência Egocêntrica

“Alguns indivíduos levam uma vida egocêntrica, competitiva, orientada para determinadas metas. Excessivamente preocupados com seu passado e o futuro, estão propensos a ter uma consciência limitada do presente e, assim, uma capacidade limitada para se satisfazer com as atividades ordinárias da vida cotidiana. Concentram-se na manipulação do mundo externo e medem seu padrão de vida pela quantidade de bens materiais, ao passo que se tornam cada vez mais alienados de seu mundo interior e incapazes de apreciar o processo da vida. Para as pessoas cuja existência é dominada por esse tipo de experiência, nenhum nível de riqueza, poder ou fama trará satisfação genuína, são por isso, invadidos por um sentimento de insignificância, futilidade e até de absurdo, que nenhum tipo de êxito externo poderá dissipar.” Fritoj Capra (O Ponto de Mutação)A consciência egocêntrica, infantil ou de 1º grau é caracterizada pelo uso indiscriminado ao livre-arbítrio para satisfação dos desejos do ego. Abrange os campos do racionalismo, materialismo, ateísmo e ortodoxia e todos os sistemas filosóficos e religiosos nos quais se valorizam mais os meios (igreja física) que as causas (igreja espiritual = ser humano). Seus dois campos de desequilíbrio são o uso exagerado da razão e da fé cega. A Terra está classificada nesse setor em transição para o próximo o nível de consciência.

c) A Alláto-consciência "Sócrates, o genial filósofo que nunca escreveu filosofia, era também um exímio escultor. Foi encarregado pelo Prefeito de Atenas de esculpir uma ninfa, de um bloco de mármore branco de Paros. E, quando a formosa entidade emergiu do bloco amorfo, todos felicitaram Sócrates pela obra-prima do seu engenho.

O filósofo, porém, recusou os elogios, porque, dizia, não fora ele que fizera essa ninfa, ela estava escondida no bloco de mármore, ele apenas removeu o que impedia a sua visão aos olhos do público.”

A alláto-consciência, a consciência adulta ou de 3º grau é caracterizada pela transmutação, transformação, reintegração, renascimento ou qualquer outro termo que explicite uma mudança interior , ou o descobrimento de suas próprias potencialidades.

Abrange os campos da força de vontade, auto-disciplina, otimismo, benevolência, paradoxismo, espiritualismo, misticismo, ocultismo e todos os sistemas filosóficos e místicos nos quais procura-se um equilíbrio e harmonia entre os meios (igreja física) e as causas(ser humano).

Uma das características principais desse nível de consciência é a compreensão de como Deus age severa e misericordiosamente através da clemência ou suavidade, que dá a sabedoria de saber que o processo evolutivo ou saga humana é eterna.

d) A Consciência Crística

O que esotericamente foi chamado Reaparecimento do Cristo já está em ato. Porém, até que a purificadora fase planetária atinja um patamar mais avançado que o atual; esse reaparecimento, não se dará externamente, pois, é pela vida na Terra, como um todo, que neste final de ciclo essa energia deve expressar-se(...)

É do âmago do ser que essa essência deve revelar-se, inconfundível, pura como um potente manancial, t5razendo-lhe o impulso ao serviço, à doação, à união com a vida, à integração em âmbitos maiores(...) essa união é secreta, íntima, é o mais profundo elo do ser com a vida suprema que pulsa em seu interior.(...)

Para isso é preciso que suas mãos estejam vazias, que não retenham nem queiram dirigir e controlar o que por elas passa.” Trigueirinho (Niskalkat,p.107-109)

A Consciência Crística é um estado d’alma na qual está se processando a união da alma individual com alma divina. Para chegar a esse elevado estado é necessário que a pessoa desenvolva e aplique cada vez mais a fé, o amor e a caridade. Somente as pessoas com pensamentos, palavras e ações que reflitam esses três princípios básicos podem aspirar a adquirir a Consciência Crística.

Nesse estágio de Consciência a pessoa vai gradativamente, de acordo com seus méritos e aplicação dos conhecimentos adquiridos, penetrando nos mistérios da existência desenvolvendo uma consciência sintético-analítico de toda a existência humana. Adquire-se a capacidade de descobrir a essência da ciência e da religião e suas funções na estrutura evolutiva do universo. Adquire-se também a capacidade de acesso ao passado e ao futuro através do presente continuum que é este estado de consciência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!