6 de setembro de 2011

MISSÃO APOLLO 20

"O caso dos estranhos fracassos dos Foguetes N1

Os Foguetes N1 (Nositol 1) eram foguetes gigantes, tinham a altura de 105 metros (já os seus concorrentes diretos os Saturn V dos EUA tinham 111 metros, mas isso apenas por causa da antena), esses dois tipos de foguetes foram os maiores já construídos em todos os tempos, (pelo menos aqui na Terra!) (Risos!!), sua altura era equivalente a um prédio de 35 ou 37 andares (depende da altura de cada andar que pode variar) e foram construídos para levar os módulos lunares tripulados até a Lua, os americanos obviamente tiveram sucesso, mas os Soviéticos não...

Por que?

Segundo as versões oficiais (não confio em versões “Oficiais”) foi por causa de problemas com os diversos motores, que eram ao todo 32...

Aparentemente tinha-se uma dificuldade de controlar a todos ao mesmo tempo para que tivessem equilíbrio na hora de serem acionados (sei, sei, sei...)

Também se falou sobre estranhas rupturas de tanques de combustível (mas que azar tinham esses Soviéticos não é mesmo?)

Mas isso soa muito estranho para qualquer pessoa que dedique algumas horas de pesquisas sobre a historia do programa espacial Soviético.


Vamos aos fatos:
Os Soviéticos desde o início foram os pioneiros na corrida espacial, foram eles que lançaram o primeiro satélite artificial (Sputnik1),  foram eles também que lançaram os primeiros seres vivos em órbita da Terra (cachorros, para poder testar as reações de organismos vivos no espaço a cadela Laika foi a primeira),  foram também os primeiros a pôr em órbita seres humanos (Yuri Alekseyevich Gagarin, foi o primeiro homem no espaço) e os Soviéticos continuaram na frente dos americanos por muitos anos:
Lançaram a primeira mulher no espaço (Valentina Vladimirovna Tereškova) a primeira estação espacial (a Salyut 1, lançada em 19 de abril de 1971) e estavam bem avançados no projeto Luna (que visava mandar pessoas até a superficie da Lua).

Os Soviéticos de longe superavam os EUA, isso por que desde o início foram eles que projetaram os maiores e melhores foguetes!

Pois por causa da guerra fria os soviéticos priorizaram os seus esforços em fabricar os chamados "ICBM" (Intercontinental Balistic Missile – Míssil Balístico Intercontinental) para lançar bombas atômicas a grandes distâncias.

Esses foguetes de guerra foram aproveitados no programa espacial Soviético, e esse foi a grande vantagem deles.

É sabido que os Soviéticos eram os mais evoluídos no domínio dessa tecnologia, eles eram os que tinham maior conhecimento e desenvolvimento.

Em mais de 1.670 lançamentos os foguetes da família dos R-7 os Vostok (foi um foguete vostok que colocou Yuri gagarin em órbita em 1961), só tiveram cerca de 5% de falhas, e nada que fosse muito grave.

Então diante desses fatos soa muito estranho os terríveis “fracassos” dos Nositol 1 no fim da década de 60 e inicio de 70.

Por que os americanos tiveram um sucesso tão perfeito com os seus Saturn V`s (foram foguetes assim que lançaram os módulos lunares tripulados) e os Soviéticos JUSTAMENTE OS MAIS AVANÇADOS NESSA TECNOLOGIA fracassaram em fabricar foguetes semelhantes? (muito estranho não é mesmo?!)

Os Foguetes Nositol (mais popularmente conhecidos como N1) foram uma evolução dos N-7 Vostok .

Para levar missões tripuladas até a Lua era necessário se fabricar foguetes maiores e mais potentes dos que aqueles que lançaram (por exemplo) Yuri Gagarin e os primeiros seres vivos até a órbita da Terra, assim o trabalho era simples:

Bastava aumentar o tamanho de um modelo Vostok e adapta-lo para carregar mais peso que seus antecessores, pronto!

Tarefa simples, fácil, prática, cômoda! Uma moleza para aqueles que até então lideravam a corrida espacial largamente. Certo?


Aqui acima o desenho técnico mostra um Nositol 1 por dentro, dá também para conferir a sua altura e o tamanho de cada estágio.



Mas então por que falharam em uma tarefa tão simples?

Os N1 foram um fracasso desastroso para os Soviéticos, o primeiro explodiu depois de 70 segundos no ar, o segundo desastre foi ainda pior, explodiu em 5 segundos após o lançamento e destruiu por completo a plataforma de lançamento 110E e danificou a plataforma 110W há 500 metros de distância.

Destruindo inclusive o terceiro N1 construído, que ali estava, morreram nos “acidentes” engenheiros, cientistas, militares e as instalações foram arrasadas, os prejuízos foram astronômicos e esses “acidentes” foram o principal motivo do fracasso Soviético em levar pessoas a superfície da Lua.

Os Soviéticos prosseguiram com o projeto por mais uns poucos anos, mas “desistiram” de vez em maio de 1973 quando o projeto foi cancelado definitivamente.

Esse projeto fracassado de levar missões tripuladas a lua foi mantido sigiloso até o fim da União Soviética em 1990 após o fim do Império, as informações vieram a tona.



A versão oficial diz que foi “apenas” por causa de motores sem sincronia e de “acidentes” por causa de rupturas em tanques de combustível, os engenheiros comunistas deram várias declarações a imprensa dizendo que era possível corrigir os erros e prosseguir com o projeto, mas afirmam que por algum motivo desconhecido os militares resolveram abandonar a corrida até a Lua (preciso dizer por que?).

Agora querem ler uma versão bem mais interessante é lógica para os fracassos dos N1?

Então toma!.:
Eu não sei se você, leitor, acredita em extraterrestres, se leu toda a matéria sobre a Apollo 20 nas páginas anteriores então deve estar “quase convencido” estou certo?



Pois bem, mantenha então agora a sua mente aberta e leia com muita atenção o que vou escrever daqui em diante:

Tem-se muitos rumores pelo mundo todo de que os  Ovnis realmente existem.

Fala-se também de naves espaciais que caíram em várias partes do “Nosso” mundo. E essas naves e seus tripulantes foram recolhidos pelos diversos governos do planeta, principalmente o governo dos EUA.

Tem ai há muito tempo rolando pelo mundo uma história sobre uma nave que caiu no território americano, em Roswell no ano de 1947, esse é o caso mais conhecido e documentado, mas não é o único.

São centenas de casos pelo mundo todo e sendo o território dos Soviéticos simplesmente imenso...

Pelo que sei do assunto, os soviéticos não tiveram muita sorte nessa historia de quedas de naves extraterrestres, apesar de seu território ser bem maior que os dos Americanos, ali não ouve muitas quedas e por isso os militares Soviéticos ficavam preocupados, pois apesar dos Governos num geral negar a existência do Alies, dizem (e eu acredito) que “Por trás das cortinas” o interesse deles é grande, principalmente dos Militares, que naturalmente vem como uma grande vantagem poder estudar um disco voador e entender sua tecnologia muito superior a terrestre.

Maiores detalhes sobre os ovnis na União Soviética vejam o documentário do The History Channel intitulado:



“O ROSWELL RUSSO”

Faça o download gratuito do documentário aqui nesse link:


http://rs311.rapidshare.com/files/132488176/O.Roswell.Russo.History.Channel.TVRip.Dublado.wmv

Prosseguindo:

Os Soviéticos então tinham ouvido um rumor de que os EUA tinham recolhido ovnis e os estavam estudando para então poderem desenvolver tecnologias similares para superar os comunistas.

Claro que essa informação foi levada a sério e assim os Soviéticos não tiveram dúvidas.

Precisavam de um ou mais ovnis imediatamente para não ficarem para trás na guerra fria
o que eles fizeram então?

Bem, não podiam esperar que os ovnis caíssem sozinhos, eles então FORAM, ATRÁS

Como assim? (você pergunta)

Como assim? Horas indo atrás dos ovnis com caças MIG super sônicos (Risos)

Acha que eu estou brincando? NÃO A COISA É SÉRIA MESMO! Vejam o documentário do The History e vão ver por si mesmos.

Bem, pelo que sei os Soviéticos tiveram sucesso em alguns casos, e de fato conseguiram derrubar alguns Ufos, não claro sem sacrificar muitas vidas e pagarem um alto preço anos mais tarde.

Pois segundo diz algumas teorias muito bem fundamentadas, o verdadeiro motivo do fracasso dos Soviéticos em chegar a Lua foi por causa dos extraterrestres.



Nositol 1 (N1) dos Soviéticos, esses foguetes segundo informações confessadas a Ufólogos por militares e cientistas Russos, foram destruídos por Aliens que não queriam deixar os Soviéticos chegar na Lua como retaliação pelo que os Soviéticos tinham feito anos antes, e agora com as revelações de Rutledge (Apollo 20) essa história se completa, não só não queriam que os Soviéticos chegassem a Lua como não queriam também que eles tivessem a honra de explorar primeiro a super Nave acidentada ou abatida no solo Lunar e a cidade próxima.

Pois dizem que na verdade os fracassos com os N1 não foi por causa de “Falhas no projeto” mas sim,  ataques diretos dos Alies contra as instalações e foguetes Soviéticos como um tipo de retaliação pelo que os comunistas tinham feito anos antes, isto é, terem o descabide de perseguir e derrubar as suas naves.



Aqui ao lado, um Saturn V dos EUA ele possue 111 metros de altura equivalente a um prédio de 35 ou 37 andares, esse foguete foi um sucesso completo, foi através de foguetes desse tipo que os Americanos conseguiram chegar na Lua, e posteriormente segundo William Rutledge foi através de foguetes assim que foram enviadas as missões secretas para explorar os artefatos extraterrestres no lado oculto da Lua, claro que todo esse sucesso só foi possível por que os Norte americanos não foram atacados pelos Aliens, apenas os Soviéticos tiveram esse “Carma”, interessante também lembrar que os lançamentos dos módulos para a exploração do lado oculto da Lua, foram feitos em território americano, o que é significativo se levar em conta o “rixa” que os Soviéticos tinham com os seus desafetos de outro mundo.

Claro que lendo uma explicação dessas, assim, sem maiores detalhes soa ridículo, mas se você é uma pessoa que acompanhou todo o exposto aqui sobre a Apollo 20 e finalmente chegou nessa informação acima, bom nesse caso eu acho que você não está achando tão absurdo assim, não é mesmo?



Levando em conta a existência dos Aliens, essa nova versão sobre os fracassos dos N1 é muito mais lógica e plausível, mais crível do que essa história de "incompetência" dos Soviéticos...!

O que explica também o esforço dos militares Soviéticos em querer manter a história sob sigilo, e essa história seria sigilosa ainda hoje, se não fosse a queda da União Soviética em 1990.

O interessante também é notar que os soviéticos muito estranhamente mantinham o seu projeto de ida até a Lua como algo secreto, isso enquanto os Norte americanos faziam o maior carnaval em volta dos projetos Apollo.

Por que dessa atitude dos Soviéticos?

Não era para se vangloriar que se gastava bilhões e bilhões de dólares (no caso dos Soviéticos bilhões de Rublos) com a corrida espacial?

Qual é a real importância de se chegar a Lua? Qual é o grande benefício para seu povo um homem de sua nação descer na Lua?
Não era para poder depois dizer que eram melhores que os ocidentais? Que seu regime de governo e economia era superior ao dos EUA?

Então por que manter o sigilo? O mais lógico era fazer propaganda e alardear aos 4 cantos da Terra os avanços comunistas, MAS É CLARO! ERA ISSO QUE OS AMERICANOS FAZIAM!!

Por que não os Soviéticos?



Aqui seqüência de fotos mostra o segundo “fracasso” do lançamento do N1, foi nesse “acidente” que centenas de militares e cientistas Soviéticos morreram, segundo alguns sobreviventes na verdade esse e os outros “acidentes” foram provocados por Alies em retaliação pelo que os Soviéticos tinham feito anos antes.




Agora vejam bem, esses foguetes chamados de Nositol 1 eram muito importantes para os soviéticos, para poder explorar a nave e a cidade na Lua, pois enquanto os americanos usavam os Saturn V para levar os módulos lunares até o satélite, os Soviéticos esperavam levar seus módulos com os N1, mas não tendo sucesso por causa dos Aliens e percebendo que os EUA acabariam encontrando os artefatos Aliens primeiro lá na Lua; os Soviéticos devem ter resolvido que era melhor esquecer as diferenças e as disputas e fazer um acordo com os americanos.

Pois era sabido que os extraterrestres não estavam atacando os EUA, pois pelo que se sabe os americanos nunca tiveram a ousadia de atacar Ufos até então, eles apenas recolhiam os que caiam em seu território (estranho isso né? Por que tantos Ovnis caíram nos EUA nos anos da Guerra fria?) e assim em 1972 foi assinado o tratado de cooperação (já comentado em posts anteriores).
É interessante ressaltar que segundo Rutledge foram os Soviéticos que primeiramente encontraram a nave e a cidade na Lua em 66 (ele diz que não sabe muito bem sobre como os Soviéticos encontraram a Nave lá, eu acho que ele está enganado, acredito que a Nave foi localizada pelos Soviéticos antes de 66) e foram eles também que convidaram os EUA para irem explorar juntos os descobrimentos.

Se os Soviéticos já sabiam sobre a gigantesca espaçonave alien na Lua desde 66 (ou antes), então fica esclarecido do por que eles mantinham o projeto de viagens tripuladas a Lua em sigilo.

Não gastaram montanhas de dinheiro durante décadas apenas para poderem dizer que eram os melhores, mas sim para chegar até a Nave e a cidade Alien na Lua! Um motivo bem mais plausível, não acham?

Aqui um foguete belíssimo, esse é um Soyuz-Fregat, são os atuais foguetes russos, evolução dos velhos R-7 vostok que dentre outras coisas foram os responsáveis pelo primeiro homem na órbita da terra.

Eu havia encontrado essa imagem em um site dizendo se tratar de um Saturn V, mas é claro que a informação estava equivocada, como eu achei a imagem fantástica resolvi por aqui na galeria, o que acharam?


Em seu lado oculto a Lua escondia um grande segredo da Terra, essa sim foi a razão principal para a corrida espacial, os Soviéticos poderiam ter explorado essa espaçonave sozinhos se não fossem (segundo alguns relatos) os extraterrestres que ainda freqüentam a Terra até os dias de hoje.

Eles, em retaliação ao que os Russos, não deixaram eles chegarem lá primeiro.

Assim os orgulhosos Soviéticos tiveram que baixar a cabeça e pedir auxilio aos EUA, pois do contrário, seria os americanos a ter o privilegio de explorarem sozinhos esse fantástico artefato extraterrestre e a cidade próxima a ele."


Retirado da comunidade do orkut:
O Fim da Escuridão
Feita para aqueles que não tem preguiça de ler.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!