30 de junho de 2014

A GLÂNDULA PINEAL E O ZUMBIDO NO OUVIDO

A pineal está localizada no meio do cérebro, na altura dos olhos. Ela é um órgão cronobiológico, um relógio interno. Como ela faz isso? Captando as radiações do Sol e da Lua. A pineal obedece aos chamados Zeitbergers.
Por exemplo, o Sol é um Zeitberger externos que regem as noções de tempo e que influencia a pineal, regendo o ciclo de sono e de vigília, quando esta glândula secreta o hormônio melatonina. Isso dá ao organismo a referência de horário.
Existe também o Zeitberger interno, que são os genes, trazendo o perfil de ritmo regular de cada pessoa.
Nós vivemos em três dimensões e nos relacionamos com a quarta, através do tempo. A pineal é a única estrutura do corpo que transpõe essa dimensão, que é capaz de captar informações que estão além dessa dimensão nossa.
Para Descartes é o ponto em que a alma se liga ao corpo, até na questão física há uma lógica que é esta glândula que lida com a outra dimensão, e isso é um fato.
Todos os animais têm essa glândula; ela os orienta nos processos migratórios porque sintoniza o campo magnético. Nos animais, a glândula pineal tem fotorreceptores iguais aos presentes na retina dos olhos, porque a origem biológica da pineal é a mesma dos olhos, é um terceiro olho, literalmente.

Os cientistas Vollrath e Semm, que têm artigos publicados na revista científica Nature, comprovam que a pineal converte ondas eletromagnéticas em estímulos neuroquímicos
O espiritual age pelo campo eletromagnético, se há uma interferência espiritual por exemplo, se dá justamente pelo campo eletromagnético. As interferência acontece na natureza pelas leis da própria natureza.

Segundo Sérgio Felipe de Oliveira, a pineal captaria informações do mundo espiritual por ondas eletromagnéticas, como “um telefone celular”, e as transformaria em estímulos neuroquímicos.
A parapsicologia diz que estes campos eletromagnéticos podem afetar a mente humana. O dr. Michael Persinger, da Laurentian University, no Canadá, fez experiências com um capacete que emite ondas eletromagnéticas nos lobos temporais.
As pessoas submetidas a essas experiências teriam tido “visões” e sentiram presenças espirituais. O dr. Persinger atribui esses fenômenos à influência dessas ondas eletromagnéticas.

Pesquisas recentes indicam que a pineal está ligado a dois centros nervosos, um de cada ouvido. Estes dois centros nervosos, e mais o centro situado na própria glândula, formam um triângulo, com a pineal no centro da cabeça com o ápice ou vértice superior, e dois centros nervosos dos ouvidos formando a base. Assim, os pesquisadores elaboraram o princípio de que tudo o que afete os tímpanos afetará a pineal, qualquer princípio que afete a pineal afetará os tímpanos.

A glândula está localizada em uma área cheia de líquido. O som faz o líquido vibrar, provocando uma reação na glândula. Essa belezinha, converte ondas eletromagnéticas em estímulos neuroquímicos.
A Física Quântica diz que tudo é vibração e nós vibramos em diferentes freqüências, também somos influenciados em diferentes freqüências, por meio natural ou não (falaremos disso mais tarde).

Estamos sendo bombardeados com energias vindo da galáxia, incluindo o bombardeio do Sol, tudo isso afeta a Terra e logicamente nos afeta.
Sempre vibração e som, recentemente os cientista conseguiram até reproduzir o som do Sol nas suas explosões solares.
Quanto mais se intensifica o som, mais a pineal “trabalha”, quanto mais ela trabalha, mais se intensifica o som, formando um circulo que nos leva rapidamente ao estado de projeção consciente.

Sendo assim, meus amigos, os barulhos, zumbidos, apitos, sininhos…que você pode estar ouvindo diariamente ou esporadicamente são produzidos pelo trabalho/desenvolvimento da glândula pineal e todo um fator externo está contribuindo para isso. Nós estamos literalmente escutando essa belezinha trabalhar.
Essa glândula é nossa conexão com outras dimensões, nossa glândula foi danificada ao “looooongo do tempo”, por falta de uso, química (veneno) nos nossos alimentos, poluição e acredito que a nossa contribuição tenha realmente sido a maior de todas, porque caímos nas ilusões materialistas e hoje somos extremamente apegados a tudo que os nossos 5 sentidos podem tocar, sentir, ver e ouvir…
Pra terminar, vou deixar um exercício de meditação de desenvolvimento energético da pineal. Um exercício diferente, mas bem gostoso de realizar.
Certos exercícios psíquicos provocam um zumbido que começa a se manifestar nos ouvidos e persiste por algum tempo. Esse zumbido indica que alguma energia ou ação está sendo transmitida aos tímpanos, a partir da pineal. (Pesquisa feita pela Universidade de Basle na Suíça).
Deverá ser feito no escuro, onde a produção do hormônio da pineal aumenta.
- Por uma ou duas semanas, deve-se relaxar por alguns minutos, coloque o dedo indicador de cada mão o mais para dentro do ouvido que seja possível sem pressão incômoda.
- Enquanto os dedos estiverem nesta posição nos ouvidos, tomem uma inalação profunda pelo nariz e retenha o quanto possível.
- Mantenha a boca fechada, quando não puder mais prender a respiração, exale lentamente pelo nariz.
- Conserve os dedos nos ouvidos durante todo o tempo que esteja inalando, retendo e exalando.
- Respire normalmente por mais ou menos 30 segundos e repita o procedimento por 10 vezes.
Ao terminar, você sentirá um calor nos dutos auditivos.
A respiração pelo nariz, com os dedos colocados nos ouvidos, estabelece um circuito bem definido de vibrações positivas e negativas, que afetem os centros nervosos do crânio, o centro nervoso da tireóide, e os centro nervosos de cada um dos dois dedos.
O resultado deste exercício, se praticado conforme a instrução, será a desobstrução do nariz para a respiração e dos ouvidos para a audição, a eliminação de qualquer congestão craniana, o desenvolvimento da sensibilidade dos nervos do nariz a ponto de perceberem novos odores ou facilitar a os já conhecidos.
Ao mesmo tempo, a pineal irá despertar gradativamente, com crescente vitalidade para as funções pisiquicas.

Claudio Pontes via.

http://passarinhosnotelhado.blogspot.com.br/2011/07/glandula-pineal-x-zumbido-no-ouvido.html

26 de junho de 2014

VOCÊ ESTÁ ONDE VOCÊ MORA (COMO O AMBIENTE MODELA SUA MENTE)

Ora aqui está uma pintura de uma paisagem
Agora, o artista que pintou este quadro
diz que algo está faltando. ? É Que
me que fazia parte da paisagem que eu pintei.
- Quantic-Infinito Regressão

Nós todos sabemos que o local e o ambiente em que vivemos tem uma influência sobre a forma como somos.. Geralmente acreditamos que o lugar é sempre uma coisa externa não se opera nenhuma mudança em nossa psique, mas talvez o oposto seja verdadeiro. Acreditamos que são autônomos e do comportamento dos outros não nos afeta substancialmente, mas poucos realmente afetam. O lugar (com todo o seu ecossistema e rede de relacionamentos) na vida cotidiana é experimentada como um estado de espírito ou um sistema operacional.

Onde estamos transformando a maneira como nós , Adam Alter argumenta no New York Times. Numerosos estudos podem nos ajudar a compreender até que ponto estamos abertos a influências, membrana psicoculturais entre uma pessoa, os seus vizinhos (as idéias que pululam) e o lugar em que vive.

Pesquisadores fizeram um experimento jogando letras postadas pronto para ser enviado em dormitórios. Os pesquisadores descobriram as cartas chegaram ao seu destino nos quartos de maior densidade de estudantes e apenas cerca de 60% das cartas (o percentual foi muito maior em quartos onde viviam mais vagamente); sua hipótese é que viver em um ambiente relativamente lotado fez 'desligar' de seus pares. Em seguida, os pesquisadores pediram a um outro grupo de alunos como eles responderam na mesma situação: 95% disseram que teria tomado a carta para a caixa de correio, não importa onde ele viveu, esta é, obviamente, um exercício imaginário, uma vez que, como veremos, dificilmente podemos agir ", não importa onde vivemos."

Dois experimentos com poderes surpreendentes de luz azul pode ilustrar mais sobre ele. Em 2000, os contratantes instalaram uma série de luzes azuis em diferentes partes da cidade de Glasgow. A intenção era fazer com que certos distritos lucieran mais atraente; depois de alguns meses, o Conselho notou uma tendência interessante: a taxa de crime havia diminuído em lugares que tinham sido banhadas em azul. Este é, aparentemente, porque as luzes azuis imitaram as características de patrulhas policiais em grande parte do mundo. A luz azul, no entanto, tem outras qualidades.

Em 2005 Nara prefeitura no Japão instalou luzes azuis no mesmo sentido de prevenir o crime em áreas perigosas. Embora os resultados foram os esperados e o crime diminuiu, as autoridades japonesas descobriram um efeito acidental de fotoestimulação: diminuição da quantidade de lixo na rua e a taxa de suicídio em postos e locais que foram usados ​​pelas pessoas para se matar .Aparentemente, a luz azul tem um número de propriedades calmantes, que pode ter a ver com esta cor ser é a que mais pessoas escolhem como sua favorita. ( Outros estudos têm mostrado que uma tela de computador auxilia azul na resolução de problemas matemáticos ou pacientes preferem ser tratados por enfermeiros vestidos de azul). Podemos também falar de jogar ambientes de uma eco-sinestesia-azul ou verde e vermelho, que influenciam a nossa psicologia.

Existem diferentes maneiras em que o lugar em que vivemos pressionam os nossos comportamentos. Um grupo de psicólogos da Universidade de Newcastle descobriu que um grupo de trabalhadores universitários tendem a pagar mais pelo seu café ou chá, quando o sistema de coleta foi uma caixa de pagamento voluntário que foi acompanhada pela imagem de um par de olhos, quando houve uma imagem de flores. Os pesquisadores alternaram esta "caixa de honestidade" com os olhos de homens e mulheres e havia sempre flores ou mais pagamentos sob o olhar atento em metáfora.

Um estudo da década de 70 , sugere que as pessoas se tornam menos armadilha, resolvendo um teste quando colocado na frente de um espelho, que é conhecido como o efeito de auto-consciência, o comportamento anti-normativo.

Um efeito inverso parece se espalhar quando o ambiente envia sinais de negligência e má supervisão. Estudos sugerem que as janelas quebradas geram mais crimes em áreas onde existem em grande quantidade. O mesmo vale para o lixo na rua: se existe mais lixo rua, não só menos pessoas jogam lixo nos locais adequados, mas isso também parece encorajar o crime na área. Novamente, é como se houvesse um efeito psicogeográfico e caos ou desordem do espaço físico em que vivemos torna-se o espaço mental que desencadeia respostas como crime.

Em um experimento bastante revelador, os pesquisadores colocaram uma série de folhetos de papel 139 carros no estacionamento de um hospital e observou que os proprietários fizeram o mesmo. Quando os proprietários deixaram o hospital para encontrar o estacionamento cheio depanfletos e papéis de bala deitados no chão, cerca de metade tomou o passageiro de seu carro e atirou-o para o chão. Embora quando o chão estava limpo, apenas 1 de 10 pessoas jogou o panfleto no chão.

Adam Alter conclui:

Esses estudos mostram algo profundo, e talvez um pouco perturbador, sobre o que nos faz ser quem somos: não existe uma versão única de "você" e "eu". Embora todos nós estamos presos em nossas personalidades diferentes, pistas contextuais, muitas vezes nos levam longe dessas âncoras e é difícil saber quem realmente somos, ou pelo menos o que vamos fazer em determinadas circunstâncias.

Podemos pensar que nós temos uma força de vontade que nos mantém e arrasta a multidão ou o ambiente; mas os sinais e a influência do ambiente em que vivemos são muito numerosas e sutis. Esta construção deve ser concebida de uma forma dinâmica, em constante mutação de acordo com o aspecto do tempo (tempo como uma propriedade contínua de espaço). Vivendo entre árvores, entre as pessoas que têm cães em áreas onde existem muitos bares, em meio a arquitetura inclinada mais curvas, etc métodos., Tudo isso tem uma influência significativa sobre a forma como nos comportamos em determinadas situações, o que pensar e sobre a nossa saúde. Tanto o lugar para ser nossa cicatriz e nossa maneira como falamos de coisas abstratas, e abomináveis, como a consciência de um país ou idiossincrasia (algo como a terra natal: o paternalismo behaviorista). E embora nós não podemos pensar que o país onde nascemos nos define, se podemos supor a existência de egrégoras ou meta-entidades como argentinidade ou mexicaneidade, dos quais participam em maior ou menor grau.

Os epigenética , o ramo da biologia que estuda as mudanças genéticas causadas pelo ambiente e as relações humanas (tais como trauma), deixa claro que o lugar (todo o clima físico e mental) em que vivemos pode fazer expressa (ou não) determinados genes. Assim, muitas das doenças que sofremos na velhice são o resultado dos lugares (na sua totalidade) em que vivemos criança.

Mais amplamente todos nós vivemos no mesmo lugar. Como Marshall McLuhan previu em sua visão da aldeia global, a sociedade digital tem um monte de sociedade tribal em que todos estão em um estado de constante mudança, cada um de nós está afetando todos os outros, sem privacidade real. Compartilhando o mesmo espaço na mídia e compartilhanso o mesmo espaço mental ("a cultura é o nosso sistema operacional", disse Terence Mckenna). Obviamente que não agem da mesma forma nas mesmas situações, mas uma pessoa que pode ter uma perspectiva de centenas, talvez milhares de anos, ficou surpreso com a consistência de nossa sociedade. A maioria das pessoas em todo o mundo viu mais ou menos as mesmas roupas (jeans, t-shirt, as mesmas marcas, etc), usar os mesmos aparelhos, televisão, transporte, etc., Ver os mesmos filmes e programas ( e, portanto, o conteúdo de seu pensamento e de seus sonhos é algo similar). (Um estudo mostrou que um aumento nos filmes sobre OVNIs e extraterrestres na eliminatória aumentou o número de avistamentos entre os cidadãos britânicos). Em uma situação como a apresentada nos estudos que temos discutido, a maioria de nós iria agir da mesma forma, gerando o parecer do lugar. Esse lugar é em todos os lugares e de todos nós. A reflexão é dirigida para a possibilidade de visitar e viver em outros lugares e várias reações psicossomáticas podem ocorrer, com a espontaneidade irreverente, mas às vezes pode ser um absurdo. Também operar a partir de lá, liminar, as margens de cemitério cultural e filtrarmos para áreas que não tenham sido patenteados os espaços de comportamento e consciência humana.

Referência

22 de junho de 2014

A MENSAGEM DE ARECIBO

O maior rádio telescópio do mundo que fica em Arecibo está situado numa cratera de um vulcão extinto e é a principal ferramenta de procura de vida extraterrestre. É controlado pelo SETI (Search for Extra-Terrestrial Intelligence – em português, Procura de Vida Extra-Terrestre Inteligente). Ora bem, ele está ligado 24 horas por dia, apontado a galáxias como a nossa na esperança de um contacto.
Em 1974, o SETI decidiu enviar uma mensagem através do radiotelescópio, contendo informação sobre nós e sobre o nosso planeta.
Este sinal foi direcionado para o agrupamento globular estelar M 13, que está a aproximadamente 25.000 anos-luz de distância, e possui cerca de 300.000 estrelas na Constelação de Hércules. A mensagem foi transmitida exatamente em 16 de Novembro de 1974, e consistia-se em1679 impulsos de código binário que levaram três minutos para serem transmitidos na frequência de 2380 Mhz.

A mensagem baseava-se em código binário, e o sinal foi enviado de tal modo a que se por acaso houvesse um radiotelescópio como o de Arecibo em qualquer parte da nossa galáxia, conseguiria receber a mensagem em perfeitas condições (20 terawatts de potência).

1679 dígitos

Escolheu-se enviar 1679 dígitos pois esse número é um número semiprimo, isto é, o produto de apenas dois números primos. No caso, 1679 é o produto de 23 e 73. A ideia foi escolher um semiprimo para que um eventual receptor pudesse deduzir que os sinais formam uma matriz bidimensional.

Codificação

Com o objetivo de entender a mensagem codificada na transmissão, é essencial compreender o código binário. Ele é atualmente muito mais simples que a nossa base 10, o sistema decimal. Onde na base 10 nós contamos de 1 até 9 e depois elevamos 1 em colunas de 10′s e começamos novamente em colunas unitárias, até termos 9 na coluna dos 10′s e começamos novamente com as unidades.

Então temos que carregar 1 dentro das colunas dos 100′s e começar novamente nos 10′s e nas colunas unitárias e assim por diante. No sistema binário cada coluna sobe em potência de 2, ainda que as colunas são unidades, 2′s, 4′s, 8′s, 16′s etc. Porque nós podemos agir em 1′s e 0′s, nós rapidamente movemos acima as colunas – porque assim que excedemos 1 nós corremos na próxima coluna.


Descodificando a mensagem original

Números


1  2  3  4  5  6  7   8    9   10
-----------------------------
0  0  0  1  1  1  1  00  00  00
0  1  1  0  0  1  1  00  00  10
1  0  1  0  1  0  1  01    11  01
x  x  x  x   x  x   x   x    x    x



A mensagem original compreendia diversas "secções", cada uma representando um particular aspecto da nossa civilização.
 No topo havia a representação binária do número um até o número dez, mostrando os números oito, nove e dez como duas colunas. Isto mostra a qualquer um que decifrar a mensagem que nós podemos especificar que números grandes demais para serem escritos numa linha podem ser elevados à potência.



DNA elementos

1 6 7 8 15
----------
0 0 0 1 1
0 1 1 0 1
0 1 1 0 1
1 0 1 0 1
X X X X X
            
A próxima secção contem os valores binários 1, 6, 7, 8 e 15 que indicam os números atômicos dos elementos primários para a constituição da vida na Terra: Hidrogénio (H),Carbono (C), Nitrogénio (N), Oxigénio (O) e Fósforo (P) respectivamente.

Nucleotídeos




A seção maior das três colunas, representa as fórmulas para os açúcares e bases para os nucleotídeos do DNA.





Dupla hélice
11
11
11
11

11
01
11
11
   1111 1111 1111 0111 1111 1011 0101 1110 (binário)
01                         = 4,294,441,822 (decimal) 
11
01
11

10
11
11
01
X





Abaixo disto, havia a representação gráfica da nossa "dupla hélice" do DNA ao lado de uma "barra vertical" que indica o número dos nucleotídeos no DNA.


Humanos
 ^
        |
        |
        |             X011011
                       111111
esq: X0111     dir:    110111
                       111011
        |              111111
        |              110000
1110 (binário) = 14 (decimal)
000011 111111 110111 111011 111111 110110 (binário)
                          = 4,292,853,750 (decimal)

Diretamente abaixo da dupla hélice do DNA está uma pequena representação de nós, humanos, com um corpo e dois braços e duas pernas (como um homem esticado). Na direita está um valor binário da população da terra. Isto pode ser calculado como 4,29 bilhões, que era a população mundial aproximada nos idos de 1974.

No lado esquerdo da forma humanóide existe um número binário correspondente à altura do ser humano. Pelo fato de não podermos usar "medidas humanas" (como pés e polegadas) a altura é representada em "unidades de comprimento de onda".

Como mencionado antes, a atual mensagem foi transmitida em 2.380 MHz. Para converte-la no seu comprimento de onda nós dividimos por 300, para obter um comprimento de onda em metros.

300 / 2380 = 0,12605042 m = 12, 6 cm. Esta é nossa "unidade de comprimento de onda" Do código para a altura de um humano, nós podemos ver que o valor é 1110 em binário, ou 14 em decimal. Se multiplicarmos 14 pela nossa unidade de comprimento de onda (12,6) nós obtemos 176,4 cm, ou aproximadamente 1,76 m que é a altura média dos humanos.

Planetas em 1974
                              
((SOL))Mercúrio-Vênus---  Terra -- Marte--Júpiter--Saturno--Urano--Netuno--Plutão




Na próxima secção está a representação simplificadaAdo nosso Sistema Solar --- onde nós vivemos Ele mostra o Sol e nove planetas, numa representação aproximada de tamanhos. Deixando representado que o terceiro planeta --- a Terra - é significativo em relação aos outros.




Radiotelescópio

A última seção indica a origem da mensagem por si própria.O rádio telescópio de Arecibo, que é a estrutura curvada. Abaixo disto, nas ultimas duas linhas da mensagem, outro número binário. Desta vez é 100101111110 (cortado em duas linhas no centro) e igualado a 2430 em decimal.

Novamente, usando nossa universal "unidade de comprimento de onda" nós obtemos: 2430 x 12,6 cm = 30.618 cm (306,18 m) ou aproximadamente 1.000 pés, que é o diâmetro do prato da antena de Arecibo.



A suposta resposta

Em 21 de agosto de 2001 (26 anos e 8 meses depois), foram encontrados dois círculos nas plantações (crop circles em inglês) perto do radiotelescópio de Chilbolton, Hampshire, UK. Geralmente esses desenhos nas plantações são atribuídos aos artistas de círculos (circlemakers em inglês), que usam apenas tábuas para pisar nas plantas. Apesar das controvérsias, um desses círculos lembrava muito a mensagem enviada em 1974, porém, havia algumas particularidades no mesmo. O documentárioThrive aponta esse crop circle como um dos “reais” e explica a comparação os dois códigos.


Em resumo, a resposta dada significa:
- A base da nossa matemática permaneceu a mesma;
- Os elementos primários para a vida foram mudados, mantendo todos os enviados e anexando o silício;
- A composição dos nucleotídeos permaneceu;
- Foi representado um DNA diferente do nosso;
- O número de nucleotídeos tambem é diferenciado do nosso;
- A anatomia enviada mostrava um ser abaixo da estatura humana e com uma grande caixa craniana;
- A população representada era superior à da Terra;
- A localização da suposta raça alienígena fora representada como um conjunto de seis planetas, que orbitavam uma estrela menor que o Sol
- A representação do Radiotelescópio de Arecibo fora trocada por outra muito mais complexa (a forma já fora vista em outro círculo inglês, no mesmo local, em 2000).



A mensagem foi enviada tendo em conta que o código binário é universal e fácil de compreender. Daí a demora a receber-mos a resposta (26 anos depois). Um dos fatos mais intrigantes é que alguns crops circles anteriores e posteriores a resposta parecem um projeto para nós construirmos um comunicador, como o demonstrado na mensagem o qual aparentemente deve ser mais eficiente.

Particularmente é surpreendente o nível de sofisticação da resposta, para simplesmente a descartemos como sendo uma fraude. Além de que, não haviam muitas pessoas conhecedoras dos detalhes matemáticos da mensagem enviada ao espaços 26 anos antes! Quem sabe não tenhamos recebido a tão esperada “mensagem” de outros seres, vindos de outros mundos, e simplesmente não demos o devido valor ou crédito? Realmente um caso muito curioso e empolgante.




Referência

16 de junho de 2014

VIAJANTE DA VIDA

Compartilhado de Sonia Maria Almeida, via facebook.

Autor : Hugo Lapa
Por Sávio Martins Santos Santos Somos VIAJANTE DA VIDA...meu caro amigo.

Há mais de 100 anos, na Índia, um homem havia sido escolhido por um mestre

como seu discípulo. O Mestre estava transmitindo a ele os ensinamentos mais básicos. O discípulo resolveu então fazer uma pergunta mais profunda, e disse:

- Mestre, eu gostaria que o senhor me explicasse o que é exatamente a vida.

O mestre olhou para ele e disse:

- Falar sobre a vida é algo muito difícil, pois faltam palavras para se definir, mas posso lhe transmitir um símbolo a esse respeito, mas para isso teremos de viajar a um lugar.

O discípulo rapidamente arrumou sua bagagem e foi viajar com o mestre.

Ambos pegaram o trem na estação que ficava próximo ao eremitério onde o mestre ensinava. Logo que entraram o mestre disse:

- Observe o que estamos fazendo agora. A vida é sempre assim. Escolhemos um caminho e um objetivo para esse caminho, e começamos a percorre-lo. Entenda que na vida não existem o certo e o errado, o bom e o mal, tudo isso são referências que dependem das convenções humanas: o que existe são caminhos que cada um escolheu seguir. Nenhum caminho é melhor ou pior, bom ou mau, é simplesmente o caminho que alguém, no uso do seu livre arbítrio, decidiu percorrer. Esse é um aspecto importante da vida.

O discípulo ficou surpreso, pois achava que só seria instruído quando chegasse ao objetivo. O mestre disse:

- Esse é outro princípio da vida. – disse o mestre como se estivesse lendo seus pensamentos – As pessoas acreditam que o seu objetivo está apenas na meta traçada, no local que elas escolheram como seu objetivo. Mas o objetivo da vida humana está tanto no caminho quanto no final do caminho. E boa parte das vezes a trajetória que percorremos já esclarece muito sobre o objetivo final. Isso significa que importa tanto a jornada percorrida quanto o objetivo final da jornada. Muitos dizem que não há caminho para a paz, a paz é o caminho; ou que não há caminho para a felicidade, mas a felicidade é o caminho, e isso está muito correto. Da mesma forma, a felicidade está muito mais no esforço que fizemos para seguir em frente do que na meta final. Por outro lado, na vida o próprio caminho vai nos mostrando como podemos atingir o objetivo proposto. O caminho é uma fonte de sinais e ensinamentos que vai revelando ao viajante como ele pode atingir sua meta. Assim é nas viagens humanas, assim é na vida.


O discípulo estava muito satisfeito com essas lições. Assim que o trem começou a andar, ambos, discípulo e mestre, foram contemplando a paisagem, que era muito bonita, com bastante natureza. Depois atravessaram um local mais seco, com poucas árvores e plantas. Depois disso, passaram por lagos e rios, e logo depois por muitas casas, plantações e gado. O mestre disse:

- Preste bem atenção nisso, pois essa é outra característica da vida. A vida é bem parecida com essa viagem de trem. Vamos seguindo num fluxo contínuo, que nunca para. O homem pode até desistir, esmorecer, padecer, mas sua vida sempre, sempre segue adiante, mesmo que ele se recuse a continuar. O fluir dos acontecimentos está sempre presente. Além disso, observe como o cenário foi se modificando conforme nós fomos seguindo viagem. Assim também é a existência humana. A vida vai passando, os anos vão chegando, e todo o cenário a nossa volta, o mundo externo a nós, vai sempre, sempre se transformando, e se apresentando de outras formas. Aqui neste trem, não importa se você não olha pela janela; não importa se você se recusa a olhar além do que está dentro do trem, a vida continua seguindo seu ritmo inexoravelmente. A esse respeito, tudo a nossa volta vai se moldando com outras aparências, outras formas vão se apresentando, e essa é outra característica essencial da vida. Tudo muda, os cenários de nossa vida se alternam, e nós devemos sempre seguir o fluxo das mudanças.

O discípulo viu ao longe que um outro trem estava passando, fazendo um outro caminho. O mestre aponta para o trem e diz:

- Está vendo aquele outro trem? Ele representa o caminho que outras pessoas escolheram para atingir seus próprios objetivos. Lembre-se de uma coisa: sempre que você escolher um caminho, e começar a trilha-lo, encontrará um objetivo definido. O caminho escolhido representa seu livre arbítrio, e o destino final, o resultado da escolha do caminho, representa aquilo que chamamos de karma. É a causa, ou escolha, e o objetivo: karma ou consequência da escolha. Você pode mudar de caminho se você quiser, em algumas ocasiões, mas a partir do momento que entrou num trem, não chegará em um lugar diferente, terá que assumir as consequências do caminho escolhido. Assim é a vida.

O discípulo ouvia atentamente, e sentia que estava aprendendo muito nessa viagem. De repente, um senhor estava andando no corredor, tropeçou e caiu em cima do mestre com uma xícara de café, sujando toda a roupa do mestre. O discípulo ficou bravo, mas o mestre não se abalou e aceitou as desculpas do senhor. O mestre virou-se para o discípulo e disse:

- Esta é outra característica da vida. Um de nós dois iria imaginar que café cairia e sujaria minha roupa? Não… Pois bem, a vida é assim, ela é pura impermanência e imprevisibilidade. Não sabemos o que acontecerá na viagem, e isso nos renova o gosto pelo viver. Se a vida fosse muito previsível, e já soubéssemos antecipadamente tudo o que vai ocorrer, ela perderia a graça, e não seria atrativa para os homens seguirem em frente. Então te digo, muito do que nos move é a imprevisibilidade da vida, e a vida é assim: não se pode prever tudo, sempre há o imprevisto. Também existe isso no final da estrada, sempre esperamos uma coisa de um lugar que almejávamos chegar, e quando lá estamos, encontramos uma outra coisa.

No que diz respeito as viagens em busca da essência espiritual, ou em busca de Deus, quando atingimos o final do caminho, nos damos conta de que aquilo que procuramos sempre esteve dentro de nós, mas fomos incapazes de perceber. Isso significa que Deus estava dentro de nós desde o início do caminho, presente a todo momento, mas só no final tomamos consciência disso. Por outro lado, podemos trilhar infindáveis distâncias, mas a maior viagem é a viagem para dentro de você, é a viagem interior, que nos conduz ao centro do nosso ser, a nossa essência, a Deus, que se encontra no âmago de nosso ser.

E não se esqueça: quando termina uma viagem, sempre começa outra. Portanto, somos eternos viajantes; viajantes da vida, viajantes das estrelas. A vida é isso: uma grande e eterna viagem. Somos viajantes que percorrem imensas “distâncias” dentro do eterno mistério da Criação.

Autor : Hugo Lapa

13 de junho de 2014

VER LÁGRIMAS EM UM MICROSCÓPIO REVELA UM FATO CHOCANTE

Um dia, Rose-Lynn Fisher se perguntou se as lágrimas de tristeza eram diferentes de lágrimas de alegria. Então, ela começou a explorá-las de perto sob um microscópio.

Ela estudou 100 lágrimas diferentes e descobriu que as lágrimas basais (aqueles que o nosso corpo produz para lubrificar os olhos) são radicalmente diferentes das lágrimas que surgem quando estamos cortando cebolas. As lágrimas que surgem a partir de uma alegria intensa não estão nem perto de lágrimas de tristeza. Como uma gota de água do oceano, cada minúscula gota de lágrima carrega um microcosmo da experiência humana.
Lágrimas de rir até chorar



Lágrimas de tristeza



Lágrimas de cebola





O pesquisador Joseph Stromberg explicou que existem três tipos principais de lágrimas: basais, reflexivas, e psíquicas (desencadeadas por emoções). Todas as lágrimas contêm substâncias orgânicas, incluindo óleos, anticorpos e enzimas e são suspensas em água salgada. Diferentes tipos de lágrimas têm moléculas distintas. Lágrimas emocionais têm hormônios à base de proteínas, incluindo o neurotransmissor leucina encefalina, que é um analgésico natural que é liberado quando estamos estressados​​. Além disso, as lágrimas vistas sob o microscópio podem ter diferentes formas. Assim, mesmo as lágrimas psíquicas com a mesma composição química podem ser muito diferentes. Há a viscosidade, o cenário, a taxa de evaporação e as configurações do microscópio."



Lágrimas basais


Lágrimas de esperança




Lágrimas de alegria em um momento liminar



Lágrimas de lembrança



12 de junho de 2014

MARTE ESTÁ HABITADO, SEGUNDO DIRETOR DO ICIS


Entrevista com Alfred L. Webre, diretor do Instituto para a Cooperação no Espaço (ICIS)

- Tenho 67 anos. Nasci em uma base naval da Flórida durante a Segunda Guerra Mundial. Vivo em Vancouver. Sou Doutor em Direito, juiz do Tribunal de Kuala Lumpur sobre Crimes de Guerra. Casado, tenho um filho e duas enteadas. Vivemos em um universo de origem inteligente. Existem provas de que há civilizações éticas mais avançadas que a nossa, que participam no processo do nosso desenvolvimento.

Dê-me provas.

- Declarações de funcionários do governo dos Estados Unidos que testemunharam haver participado de programas secretos de relações com certas civilizações extraterrestres.

Isso significa que já houve contato com extraterrestres?

- Sim, desde os anos cinquenta o governo dos Estados Unidos, segundo estas testemunhas, tem estado trabalhando secretamente com eles.

?

- Andrew Basiago, filho de um oficial da CIA, foi alistado aos sete anos em um programa secreto para meninos superdotados aos quais treinavam para serem embaixadores diante de raças extraterrestres.

Algum contato?

- Teve um encontro com três astronautas do planeta Marte. Em janeiro de 2009, Virgínia Olds, funcionária da CIA, confirmou que a CIA sabe que há uma civilização humanoide que vive sob a superfície de Marte.

?
- Cremos que no ano 9500 a.C. fragmentos da supernova Vela entraram no Sistema Solar e destroçaram a ecologia de Marte. Os marcianos, uns 1.500 anos mais avançados que nós, ética e tecnologicamente, se refugiaram debaixo da terra.

...

- Em dezembro de 2008 publicamos um informe que inclui fotografias tiradas pelo robô da NASA "Rover Spirit” nas que se identificam certa espécie de humanoides, animais e estruturas na superfície de Marte. Você pode vê-lo em Exopolitics.com.

Há três astronautas que afirmam haver visto vida extraterrestre.

- Sim, Buzz Aldrin, que viajou no Apollo XI, disse que quando chegaram à Lua em 1969 havia duas grandes naves extraterrestres ao redor da grande cratera. Sua versão foi verificada por altos cargos da NASA.

Estou atônita.
O doutor Steven Greer, diretor do Disclosure Project, recolheu mais de 500 depoimentos militares, governamentais e de inteligência de alta classe que são testemunhas da presença extraterrestre e que se fizeram públicos em maio de 2009 no Clube Nacional de Imprensa de Washington.
México, Chile, Brasil e Peru tornaram públicos seus arquivos sobre ovnis.
Recentemente França, Suécia, Dinamarca e Reino Unido trouxeram à tona 7.200 processos de ovnis recopilados por D155, unidade secreta do Ministério de Defesa.
Por que não divulgar a vida em Marte?

- Por questões políticas. Vamos interpor uma ação fundamentando-nos nas leis de liberdade de informação para que a NASA reconheça a vida inteligente em Marte.

E por que eles mesmos, os marcianos, não se apresentam na sociedade?

- O nosso planeta é de ordem inferior, que supomos estar sob uma quarentena imposta pelo governo do universo.

E essa quarentena termina agora...

- Cremos que as civilizações éticas extraterrestres usaram o fenômeno OVNI para irmos acostumando com sua existência, e entre 2010 e 2020 poderemos começar a ter relações abertas com essas civilizações.

E o primeiro contato será com os marcianos?

- Sim, porque há muitas vantagens mútuas. Eles podem nos dar tecnologias e conhecimentos e nós temos um planeta verde precioso ao qual poderão emigrar.

Como funciona o universo?

- Há muitas dimensões e universos paralelos ao nosso. Algumas civilizações extraterrestres vêm de outra dimensão, outro universo paralelo, por isso os ovnis podem aparecer e desaparecer.

Como são essas civilizações mais evoluídas?

- Parece que vivemos num universo organizado e as civilizações mais éticas conseguiram dominar a dimensão tempo e são elas as que provavelmente desenvolvem nossa realidade.

... Então o tornam inevitável.

- Segundo algumas teorias estamos evoluindo de forma acelerada para abandonar a economia de guerra permanente e ir para uma economia sustentável. A consciência humana se desenvolve para entrar na idade universal e para relacionar-se abertamente com essas outras civilizações.

... Poderiam nos dar uma mãozinha.

- Existe uma diretriz primária: não interferir na evolução de uma civilização em outro planeta. Mas em muito pouco tempo o homem vai aprender a usar a teletransportação quântica e a tirar energia do espaço. Estamos numa era de transição na que devemos decidir se vamos à destruição ou à evolução.

Seu trabalho consiste em estudar o grande governo do universo?

- A Exopolítica é uma ciência social que estuda as relações entre nossa civilização humana e outras civilizações inteligentes no universo. Um dos nossos primeiros passos para a diplomacia universal será através da civilização marciana.

Entendo.

- Pessoalmente trabalho com o doutor Norman Miranda, chefe de gabinete do presidente da Assembléia Geral da ONU, para que a ONU represente a Terra perante a civilização de Marte.

É provável que esta entrevista cause em vocês tanta perplexidade como causou em mim, mas considerem as credenciais dos que participaram na Cúpula Européia de Exopolítica 2009 - astronautas da NASA e da Agência Espacial Russa que afirmam que houve contato com civilizações extraterrestres - e do seu organizador, Webre, autor de Exopolítica (editorial Vesica Piscis), advogado geral da Agência de Proteção Meio-ambiental de Nova York e assessor da Fundação Ford, ex-professor de economia em Yale e na Universidade do Texas, delegado na convenção democrata do Texas de 1996 (Clinton-Gore). Fala de uma realidade marciana. Se for verdade: ocorrerá o mesmo em escala galáctica?

Editado por: La Vanguardia.


Postado por Aprimoramento Humano

http://filosofiaimortal.blogspot.com.br/2014/06/marte-esta-habitado-segundo-diretor-do.html

Referência

11 de junho de 2014

A REPROGRAMAÇÃO DO DNA

O DNA humano é uma Internet BIOLÓGICA e superior em muitos aspectos a uma rede artificial. A mais recente pesquisa científica russa, direta ou indiretamente, explica fenômenos como a clarividência, a intuição, atos espontâneos e remotos de cura, auto-cura, as técnicas de afirmação vocal, a luz incomum/aura em torno de pessoas, influência da mente sobre padrões climáticos e muito mais.

Além disso, há evidências de um novo tipo de medicina nas quais o DNA pode ser influenciado e reprogramado por palavras e frequências SEM remover e substituir um único gene, ou sem a prática da medicina invasiva convencional. “Cromossomos vivos funcionam como solitônicas / computadores holográficos que usam a irradiação Laser do DNA endógeno”. Isso significa que eles conseguiram, por exemplo, modular a frequência de certos padrões em um raio laser e com isso influenciar a frequência do DNA e, assim, a própria informação genética. Desde que a estrutura básica dos pares alcalinos do DNA e da linguagem sejam da mesma estrutura, nenhuma decodificação do DNA foi necessária.

Nós agora sabemos que, assim como na Internet o nosso DNA pode alimentar seus dados apropriados para a rede, pode chamar os dados da rede e podemos estabelecer contato com outros participantes da rede. A cura à distância, telepatia ou sensibilidade à distância” sobre o estado de parentes, etc pode ser explicado. Mestres esotéricos e espirituais conheceram por eras que o nosso corpo é programável pela linguagem, palavras e pensamentos. Isso já foi cientificamente provado e explicado. Alguns animais sabem também à distância quando os seus donos planejam voltar para casa ou quando algum acontecimento importante está prestes a acontecer.

Isso explica finalmente e cientificamente por que as afirmações, os decretos, recitação de mantras, o treinamento autógeno, hipnose e similares podem ter efeitos tão fortes nos seres humanos e em seus corpos. É perfeitamente normal e natural para o nosso DNA reagir à linguagem humana (o poder do Verbo). Enquanto os pesquisadores ocidentais cortam genes simples das fibras do DNA e inserem-nos em outra parte, os Russos trabalharam entusiasticamente nos artifícios que podem influenciar o metabolismo celular através das adequadas frequências moduladas de rádio e luz e assim reparar defeitos genéticos.

É claro que a frequência tem que ser correta. E é por isso que nem todos são igualmente bem-sucedidos ou podem fazê-lo sempre com igual força e resultado. A pessoa individualmente deve trabalhar nos processos internos e na maturidade (espiritual), a fim de estabelecer uma comunicação consciente com o seu DNA.

Assim, de acordo com as descobertas, a molécula de DNA é como um antena para nossa consciência e a energia dos nossos pensamentos. Isso poderia explicar a cura espiritual e os milagres biomédicos?


Escrito por Prof. Alberto Dias

2 de junho de 2014

MENTE E CORPO ENTRELAÇADOS

Embora muitas vezes pensamos de nossos corpos e mentes como duas entidades distintas, verifica-se que eles são muito mais entrelaçados do que poderíamos supor .Os pesquisadores estão descobrindo continuamente evidência de que o cérebro tem um poder diferente para manipular a fisiologia do corpo . Como estes 10 exemplos mostram, a conexão mente / corpo pode trabalhar a nosso favor ou prejuízo , dependendo do nosso conhecimento de uma situação e nossa capacidade decontrolar nossos pensamentos.

10. FOLHAS DE SECAGEM

A julgar pela sua capacidade de meditar por horas a fio, a abster-se de comida durante dias, e seus votos de silêncio, a maioria de nós concordaria que monges tibetanos têm um melhor controle sobre suas mentes e corpos do que a pessoa média. Ainda assim, o que é particularmente surpreendente é que algumas delas podem controlar os processos fisiológicos, tais como a pressão arterial e temperatura corporal - feitos muitos médicos encontrar surpreendente.

Em uma das peças mais notáveis ​​de suas habilidades, um grupo de monges tibetanos permitido médicos para monitorar mudanças corporais do monge como eles se engajaram em uma técnica de meditação conhecida como yoga g Tum-mo .

Durante o processo, os monges foram envoltas em lençóis molhados, frios (49 f / 9,4 c) e colocado em uma sala de 40 f (4,5 c). Em tais condições, a pessoa média provavelmente experimentar tremores incontroláveis ​​e em breve sofrer hipotermia. No entanto, através de profunda concentração, os monges foram capazes de gerar calor corporal, e em poucos minutos os pesquisadores notaram vapor saindo as folhas que cobriam os monges. Dentro de uma hora, as folhas estavam completamente secos.

Embora, a exibição foi fascinante para os médicos, para os monges que era uma ocorrência comum.Na verdade, os novos monges usam g Tum-mo como uma forma de provar a sua força meditativa e realizar concursos para ver quem pode secar a maioria dos lençóis em uma noite.

Os budistas dizem que o calor que geram é um subproduto da meditação, uma vez que leva energia para atingir um estado de realidade alternativa - um lugar afetado por nosso mundo cotidiano.

9. TRANSTORNO DE PERSONALIDADE MÚLTIPLA

Transtorno de personalidade múltipla , ou transtorno dissociativo de identidade, é uma condição mental que é interessante em muitos níveis. Talvez o mais intrigante de tudo é como alguns doentes não só exibem personalidade e mudanças de comportamento como eles alternar entre suas diferentes identidades, mas alguns também têm variações fisiológicas mensuráveis ​​entre cada persona. Por exemplo, uma das personalidades de um paciente pode precisar de óculos e outro não. Ou, uma identidade pode ser diabético e outro terão perfeita saúde. Em tais casos, não é simplesmente uma questão de os pacientes que pensam que precisam de óculos ou insulina, os seus corpos realmente passar por alterações legítimas, tais como as diferenças de níveis de pressão ou de açúcar no sangue intra-oculares.

Em um caso, publicado pela American Psychiatric Press, um médico notou como medicamentos prescritos a um distúrbio dissociativo de identidade paciente teve efeitos diferentes, dependendo do que "personalidade" tomaram a droga. Por exemplo, quando um tranquilizante foi dado a persona infantil da pessoa, que fez o indivíduo sonolento e relaxado. No entanto, quando a personalidade adulta foi administrada a mesma droga que o fez ansiosos e confusos. Resultados semelhantes foram observados com outros pacientes e com uma variedade de diferentes medicamentos. Médicos notado visivelmente traços aparentes, como olho preguiçoso, que vêm e vão, dependendo de qual personalidade estava presente.

Este fenômeno é especialmente fascinante, já que ninguém, incluindo os pacientes, está reivindicando o misticismo está no trabalho. Pelo contrário, é um exemplo de uma verdadeira mente que altera o corpo.

8. EFEITO PLACEBO

Um placebo é uma substância inerte ou crença que produz efeitos biológicos em seres humanos reais . É tão amplamente aceito como fato que uma variável placebo está incluído na maioria dos testes médicos como forma de provar se, por exemplo, uma droga funciona em seus próprios méritos ou porque as pessoas "pensam" ele funciona.


Há toneladas de experimentos mostrando a prova do placebo, mas um dos mais divertidos de assistir é um teste feito por um grupo de estudantes de Princeton que decidiram fazer uma festa barril não alcoólica para seus colegas desavisados. Os experimentadores secretamente preenchido um barril com O'Douls (contém cerca de 0,4% de álcool, enquanto a cerveja normal tem cerca de 5% de álcool) e depois observou como seus pares agiu bobo, palavras arrastada, dormiam no chão e, em geral agiu bêbado. Embora seja quase impossível de se intoxicado em O'Douls, estes estudantes universitários tinham uma crença tão forte que eles estavam bebendo cerveja padrão que afetou seu comportamento.

Curiosamente, os pesquisadores descobriram o efeito placebo é de alguma forma a ficar mais forte, e algumas drogas que estão no mercado há anos, como o Prozac, agora estão provando menos eficazes do que placebos. Naturalmente, esta é uma questão importante para as grandes empresas farmacêuticas, o que deixou muitos lutando para realizar estudos neurológicos em um esforço para chegar a novas maneiras de proteger a sua indústria de pílulas de açúcar comum. Aliás, a Big Pharma é atualmente mais rentável do que o óleo grande, por isso há um pouco em jogo.

7. NOCEBO EFEITO

Enquanto placebos são geralmente associados com resultados positivos, como a cura de uma doença ou ficar bêbado em O'Douls e divertir-se (se você considerar que positivo), o nocebo efeito produz resultados negativos, como um vômito paciente com câncer antes do início da quimioterapia ou alguém quebrar em uma erupção cutânea, porque eles achavam que tocou a hera venenosa, mesmo que fosse apenas uma planta comum.

Um dos mais falou sobre exemplos do fenômeno nocebo foi um incidente publicado na "New Scientist." De acordo com a conta, tarde da noite, um homem Alabama, conhecido como Vance, foi a um cemitério e encontrou-se com um feiticeiro que Vance disse que ele iria morrer em breve. Acreditando previsão do feiticeiro, Vance logo caiu doente e em questão de semanas, foi abatido e perto da morte. Vance foi levado para o hospital, mas os médicos não encontraram nada de errado com ele. Por fim, a esposa de Vance disse o médico, Dr. Doherty, sobre o encontro com o feiticeiro, o que deu ao médico uma ideia criativa. No dia seguinte, o Dr. Doherty disse que o casal tinha rastreou o feiticeiro e fisicamente ameaçado ele até o curandeiro finalmente admitiu que havia colocado um lagarto dentro Vance que estava comendo-o por dentro. Claro, a história do Doutor foi completamente fabricado, mas ele fez um grande show de injetar o paciente com uma substância misteriosa e Snuck num verdadeiro lagarto, verde, que ele fingiu extrair Vance. No dia seguinte, acordou Vance alerta, com fome, e não demorou muito para que ele se recuperou completamente.

Aparentemente, essa história foi corroborada por outros quatro profissionais médicos, e é frequentemente citado quando explicando porque Voo Doo vezes funciona (ou seja, não por causa da magia, mas por causa do efeito nocebo).

6. SONHOS CAUSAM FERIMENTOS REAIS

Há um monte de histórias flutuando por aí sobre pessoas que sofreram uma lesão em seus sonhos e, em seguida, encontraram evidência real, física do ferimento em seus corpos, uma vez que acordou. Por exemplo, algumas pessoas afirmaram ter sido pego em um incêndio em seus sonhos e depois acordei para encontrar marcas de queimadura em sua pele. Outras histórias comuns envolvem pessoas sendo atacadas durante os seus sonhos e depois acordar para encontrar marcas de arranhões em algum lugar em seus corpos. No entanto, a maioria dessas histórias são encontrados em salas de chat ou fóruns de mensagens, por isso é difícil de confirmar se elas são verdadeiras.

Mas, há um caso bem documentado, relatado pelo psiquiatra famoso Ian Stevenson, sobre um homem indiano chamado Durga Jatav que, durante uma batalha com a febre tifóide, teve um sonho muito vívido sobre sendo mantido em cativeiro em outro reino. Para impedi-lo de fugir, os seus captores sonho cortar as pernas para fora na altura do joelho. Infelizmente, as pernas já foram cortadas quando os sequestradores perceberam que tinham o homem errado e não tinha necessidade de manter Jatav afinal. Quando Jatav perguntou como ele poderia sair sem pernas, que lhe ofereceu vários pares de pernas, ele escolheu seu próprio par, e então eles foram milagrosamente recolocado.

Enquanto Jatav estava tendo o sonho, o seu corpo se tornou muito frio e em um ponto a sua família que ele estava morto, mas reviveu alguns dias mais tarde. Uma vez que ele estava acordado, sua irmã e vizinha notou fissuras profundas em volta dos joelhos que não estavam lá antes. Radiografias mostraram nenhuma anormalidade abaixo da superfície da pele, o que levou Jatav e sua família a acreditar que as marcas veio de sua experiência de sonho. Dr. Stevenson conheceu Jatav cerca de 30 anos mais tarde (1979) e tirou fotos das cicatrizes ainda visíveis. Embora Stevenson não testemunhar o evento, ele aparentemente acreditou que a história, o que foi confirmado por todos os envolvidos, e ele ainda incluiu a conta e fotografias em seu livro "Reencarnação e Biologia: Uma contribuição para a Etiologia de marcas de nascença e defeitos de nascimento."

Obviamente não há nenhuma prova científica para esta conta intrigante, mas não é exagero considerar o que já sabemos sobre o poder do cérebro sobre o corpo.

5. YOGIS QUASE PARAM O CORAÇÃO

Como os monges tibetanos, indianos Yogis parecem ter um talento incomum para a manipulação de seus processos fisiológicos, enquanto em meditação profunda. Depois de ouvir histórias de yogis gastando 28 dias debaixo da terra e sobreviver, em 1936, um cardiologista francês chamado Therese Brosse viajou para a Índia para ver se os iogues realmente tinha tais talentos. Em seus experimentos, os iogues teria abrandado o seu coração para baixo tão lento que era apenas detectável por meio de um aparelho de ECG.

Na década de 1950 o estudo de Brosse foi ampliado por um outro grupo de pesquisadores que viajou pela Índia, com um electro-encephalograph de oito canais e vários outros instrumentos, que eles usaram para monitorar a atividade cerebral dos iogues, respiração, temperatura da pele, alterações no sangue-volume, e condutância da pele. Dois de seus assuntos de teste foram colocados em ar-apertados caixas seladas, em duas ocasiões distintas, e foram monitorados por 8 a 10 horas. Durante esse tempo, os iogues mostraram características biológicas semelhantes para dormir e foram capazes de diminuir a sua freqüência cardíaca e respiração para níveis bastante baixos que as quantidades de oxigênio e dióxido de carbono no interior da caixa manteve-se praticamente nas mesmas proporções como os encontrados no ar ao nível do mar. Assim, foi demonstrado que por abrandar os seus processos corporais e não entrar em pânico (como a maioria faria) os iogues poderia sobreviver um enterro ao vivo por muito mais tempo do que a média das pessoas, possivelmente até mesmo semanas mais tempo.

4. VISUALIZAÇÃO DE PRÁTICAS DE ESPORTES

Muitos atletas afirmam que os ajuda a ter um melhor desempenho quando "jogar" o jogo em suas mentes antes mesmo de pisar no campo ou quadra. Embora possamos supor isso é apenas um exercício mental que lhes permite focar melhor o jogo, pode haver mais concretas mudanças que acontecem dentro do corpo.

Tome-se, por exemplo, da Força Aérea Coronel George Hall, que estava trancada em um pequeno, prisão norte-vietnamita escuro durante sete anos. Enquanto a maioria iria perder suas mentes em tais circunstâncias, Hall foi para o seu lugar feliz, por assim dizer, jogando mentalmente golfe todos os dias de sua prisão. Seus efeitos visuais eram extremamente aprofundado e incluiu tudo, de bater a bola fora do tee, ajuntando as armadilhas de areia, sentindo o vento, e, claro, tocando a bola para o buraco.

Independentemente de ser fraco e 100 quilos mais leve do que antes de sua captura, uma das primeiras coisas Salão queria fazer depois de sua libertação foi jogar uma partida de golfe legítimo.Ele foi convidado para o Greater New Orleans Abrir onde espantosamente disparou um 76. Quando um membro da imprensa sugeriram seu desempenho foi um caso de sorte iniciantes, Hall respondeu: "Sorte, eu nunca 3-botou um verde nos últimos cinco anos ! "

Assim, apesar de sua deterioração física e não pisar em um curso de mais de sete anos, seu corpo tinha desenvolvido memória muscular baseada simplesmente em suas imaginações.


3. BLOQUEIO DA DOR

Jack Schwarz , um escritor judeu holandês, também viviam em condições horríveis, enquanto forçado em um campo de concentração nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Como tantos outros, ele foi espancado, fome, e torturado além do que a maioria de nós pode compreender. Para lidar com a situação, ele começou a prática da meditação e da oração, que ele desenvolveu ao ponto onde ele poderia bloquear a dor de seu tormento e, posteriormente, suportar a sua situação.

Após a sua libertação, Schwarz continuou a sua mente sobre a matéria prática e, ocasionalmente, demonstrou suas habilidades, colocando uma longa agulha de vela-maker através de seu braço sem ferimentos. Ele também mostrou sua capacidade de regular o fluxo de sangue de seu corpo, fazendo com que o buraco punção no braço a sangrar ou parar de sangrar à vontade. Schwarz foi estudada por pesquisadores da Fundação Menninger que descobriram que ele poderia realmente controlar muitos dos seus processos corporais, com apenas sua mente. Além disso, através de um eletroencefalograma, eles determinaram o seu cérebro tinha atividade elétrica diferente em comparação com a maioria das outras cobaias. Segundo Schwarz, ele também podia ver a aura das pessoas, o que lhe permitiu avaliar suas condições físicas, emocionais, espirituais e mentais.


2. POSITIVIDADE E MEDITAÇÃO

Sem dúvida, é difícil manter uma atitude positiva quando você está enfrentando uma doença com risco de vida, mas, com base em uma variedade de estudos médicos , isso pode significar a diferença entre viver e morrer.

Por exemplo, em 1989, Dr. David Spiegel, da Universidade de Stanford conduziu um estudo em 86 mulheres com estágio avançado de câncer de mama. Metade dessas mulheres receberam cuidados médicos padrão, enquanto a outra metade recebeu sessões semanais de apoio, além do padrão de cuidados médicos. Durante as sessões das mulheres compartilharam seus sentimentos, conversou com outros pacientes, em geral, teve uma saída positiva, onde eles poderiam lidar com sua doença. No final do estudo, as mulheres no grupo de apoio viveram duas vezes mais tempo do que aqueles não no grupo. Em 1999, um estudo similar constatou que pacientes com câncer que têm sentimentos de desamparo e desesperança têm uma menor chance de sobrevivência.

Nos últimos anos, David Seidler, roteirista de "O Discurso do Rei", afirmou ter eliminado o câncer através da meditação e imaginação. Depois de lutar contra o câncer de bexiga há anos e daqui a duas semanas da cirurgia, Seidler decidiu ver se ele poderia se livrar do câncer através de sua imaginação.Ele reconhecidamente pensei que a idéia era um pouco "woo-woo", mas a essa altura ele descobriu que não tinha nada a perder. Assim, ele passou as duas semanas que antecederam a sua cirurgia prevendo um, de cor creme, bexiga saudável limpo. Quando Seidler entrou para a biópsia pré-cirurgia, o médico ficou surpreso ao encontrar uma clara falta de câncer - ele mesmo enviou a biópsia para quatro laboratórios diferentes para os testes. Enquanto Seidler acredita que sua visualização estavam por trás do desaparecimento do câncer, o médico rotulou de "remissão espontânea".

1. AUMENTA A PERDA DE PESO

Parece contra-intuitivo que um número crescente de pessoas estão reclamando de colocar um maior esforço no exercício e comer uma dieta nutritiva, ainda há mais pessoas obesas no mundo do que nunca. Alguns pesquisadores acreditam que a positividade é uma variável ausente na equação de perda de peso, e uma falta de que é o que está mantendo as pessoas gordinho.


Para provar o ponto de que a mente tem um grande impacto sobre o corpo, psicólogo de Harvard, Ellen Langer conduziu uma experiência com um grupo de sobrepeso predominantemente empregadas do hotel que, a julgar pelos seus níveis de atividade diária, deveriam ter sido fina. Apesar essencialmente exercício durante todo o dia através do seu trabalho, Langer descobriu através de uma pesquisa que 67% das empregadas sentiram que não fez qualquer tipo de exercício. Langer previu percepções das empregadas estavam prejudicando a sua perda de peso, então ela pegou a metade das empregadas domésticas de lado e, além de tomar as suas medidas físicas, explicou que através do seu trabalho de limpeza foram superior a definição do cirurgião geral de um estilo de vida ativo. A outra metade das empregadas receberam nenhuma informação.

Um mês depois, a equipe de Langer voltou para o hotel e reavaliadas as empregadas. Eles encontraram uma diminuição global na pressão arterial sistólica, peso e relação cintura-quadril no grupo educação. O outro grupo não tiveram alterações físicas significativas. Enquanto alguns suspeitam que a mera discussão de exercício de alguma forma alterado o comportamento das mulheres, Langer disse que não havia indicação de qualquer das empregadas modificou as suas rotinas, e sente os resultados foram simplesmente devido a uma mudança de mentalidade.

Créditos Fonte / Artigo: Listverse

Referências:

http://news.harvard.edu/gazette/2002/04.18/09-tummo.html

http://www.nytimes.com/1988/06/28/science/probing-the-enigma-of-multiple-personality.html?pagewanted=all&src=pm

http://www.avatarepc.com/html/placebo9-4.html

http://www.humantruth.info/psychosomosis.html # Sugestão

http://books.google.com/books/about/Reincarnation_and_Biology_Birthmarks.html?id=fkOtQgAACAAJ
http://www.yogapsychology.org/art_biofeedback.html

http://www.umm.edu/altmed/articles/mind-body-000355.htm # ixzz2QGNZ384n

Fonte
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!