29 de junho de 2011

A VOZ DA CONSCIÊNCIA

A voz frequentemente fala mas raramente é escutada na consciência interna de seu receptor.

Vocês foram programados para escutar o que é externo através de seus ouvidos externos. As várias vozes as quais estão sujeitos no seu plano de existência contaminam sua habildade para escutar em silêncio e o silêncio. Aquilo que está exterior cria confusão e dificulta a habilidade de seu espírito para ter uma voz em suas vidas. É essa voz prioritariamente a outras a qual vocês devem ficar atentos, pois essa é a voz que oferecerá sabedoria, verdade, discernimento, claridade e razão.

Essa voz é de fato a voz do Deus interior cujas declarações são, verdadeiramente, diretivas que permitirão que você ganhe melhor compreensão de onde está, propósito e papel. É o sentimento de bem estar escondido que tanto procura, durante sua permanência na Terra. Raramente você começa a explorar esse aspecto interno e se inicia o julgamento. A viagem para se encontrarem, suas motivações, suas paixões, seus propósitos, suas raízes, deve sempre ser, em termos de curso, em direção interna. É a viagem interna que provê o petróleo que sustenta a viagem externa. É para onde você vai quando precisa reabastecer suas forças que te fará seguir com as experiências de vida de maneira sábia. Muitas viagens ao exterior ficam com o tanque vazia. Elas não se preenchem em si e precisam, portanto, buscar se manter pelo que é exterior a elas. O externo sempre se torna custoso o que gera descontentamento e que, inevitavelmente, leva à necessidade de querer mais coisas materiais, provavelmente.

Tem aqueles que fazem a escolha consciente de não ir ao seu interior, pois eles não acreditam que este tipo de coisa exista. Suas vidas inteiras se baseiam em uma compreensão limitada que agrega visualizações mentais de grandes conquistas através do bem estar conquistado pelo trabalho exterior. É dessa forma que eles buscam se definir e apresentar ao mundo. Eles formam perspectivas fixas com relação ao que é necessário para que consigam deixar seus nomes no mundo. Normalmente buscam obter o reconhecimento como alguém pelo acúmulo de bens, seja dinheiro ou fama. Ainda, vazios estão seus cofres internos, pois eles recusam dar a seu eu interior (sua verdadeira identidade) uma chance em suas vidas. Muitos rejeitam responder à chamada de seus impulsos interiores, ou meramente os fazem calar. Suas vidas se tornam ou um trem em alta velocidade sem freios, ou um trem que mal funciona, sempre parando. Tudo porque a voz interior é ignorada ou profundamente enterrada debaixo da bagunça do ego humano. A voz do ego busca supremacia e é essa voz a mais ouvida e seguida. O ego quer mostrar grandeza através da arrogância de tudo saber e, em alguns casos, pretende assumir o seu lugar de direito contra o barômetro elitista.

Toda sua viagem nesse plano é com o propósito de que si encontre pela consciência interna e descubra sua mais potente espada e escudo, sendo o poder interior originado do saber que Deus mora dentro de você e que é a Sua voz que ecoa Sua orientação que irá te ajudar em criar uma vida que é valiosa espiritualmente e gratificante. Quando você pode escutar essa voz interior, uma vez que você decida seguir suas direções, você descobrirá que seu caminho tornar-se-á claro e ainda que existam inevitáveis pancadas no caminho, a voz interior sempre te mostrará como superá-los ou vê-los em seu valor para sua aprendizagem no caminho de sua viagem para integridade e maestria. A voz interior sempre falará a verdade e oferecerá perspectivas equilibradas e orientação. Não estará lá para abastecer seu ego ou fornecer suporte incondicional para fazer valer seu julgamento. Estará lá para guiar e ensinar que você pode através de sua vida terrena aprender a adotar a voz interior como sua voz, sua sabedoria, e maestria, para que você possa viver e ser você mesmo enquanto permite que o Deus interior se manifeste.

Se você puder gastar algum tempo em seu dia para limpar a bagunça interna e convidar seu amigo interior a falar, você ouvirá mais claramente e começará a distinguir a diferença entre sua voz interior e sua voz exterior (que é predominantemente controlada por seu ego) e, assim, você começará uma relação harmoniosa com seu espírito. Você viverá sua vida dentro de uma aura de maior compreensão e constantemente se esforçará para expandir a si mesmo para manter comunhão com a fonte de sua energia divina.

Eu sou o Pai Melquisedeque e convido-o a ouvir, ouvir a silenciosa e escondida voz, pois isto é o que todo homem busca em sua jornada externa. Para ter uma voz, você tem que encontrar sua voz, que é real e duradora. É a sua voz interior que transformará sua viagem externa e afetará o curso de sua vida na Terra.

Eu sou Luz e venho lhe trazer benções.

Candace: essa voz é obviamente o Ajustador de Pensamento o qual desde a Pentecostes, 2000 mil anos atrás, vêm para todas as mentes NORMAIS quando a pessoa faz sua primeira escolha moral verdadeira. Usualmente na idade de 5 anos. A maioria não ouve conscientemente essa voz, que são “novas almas” até que alcancem seu primeiro ciclo. Os Ajustadores de Pensamento seriam, segundo uma fonte, DEUS.

A maioria de vocês já está a muito fusionado com o seu ajustador de pensamento, e este é o seu “Eu Superior” que está dando os avisos, e “Eu Superior” é uma palavra boba, mas é tudo que temos. É o você verdadeiro.

Cristãos ainda tentam “escutar” o Espírito Santo o que eles pensam ser um outro SER da Trindade. Mas é o Ajustador de Pensamento, que é a primeira pessoa da Trindade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA

MEDITAÇÃO DA LUZ DOURADA
Deve-se estar sentado confortável com a coluna vertebral bem direita. Começamos por inspirar profundamente pelo nariz e expiramos pela boca. Visualizamos a inspiração em energia branca e pura e a expiração levando todas as toxinas e energias negativas em névoas negras. Seguidamente concentramo-nos na energia do universo, das estrelas, dos planetas e focalizamo-nos em inspirar essa energia, preenchendo-nos completamente com ela. Sentimos o nosso corpo envolvido e preenchido com essa energia de paz e amor universal. Mantemos esta sensação durante cerca de dois minutos e depois, lentamente, pensamos somente em inspirar paz. Pensamos na paz e concentramo-nos na respiração desse sentimento, um sentimento de paz. Quando expiramos, enviamos paz também para o universo, preenchendo-o. Fazer esta respiração durante cerca de dois minutos e está-se pronto para a Meditação da Luz Dourada. Visualizamos de seguida, que inspiramos uma luz dourada. Sentimo-la a entrar para os nossos pulmões e a espalhar-se por todo o nosso corpo. Fazêmo-lo nove vezes. Passamos a respirar regularmente pelo nariz. Depois, começamos a visualizar uma linha dourada desde a base da espinha até ao topo da cabeça. Visualizamos essa linha dourada da grossura de um fio de electricidade. Fazêmo-lo nove vezes. Visualizamos então a grossura do fio dourado a aumentar lentamente até atingir a grossura de um lápis. Sentimos a luz dourada desde a ponta da espinha até ao topo da cabeça. Novamente sentimos a expansão da grossura da luz dourada até atingir a grossura de um dedo a fluir desde o topo da cabeça até à base da espinha. Agora, sentimos a luz a expandir-se para uma coluna de luz dourada que flui desde a base da espinha até o topo da cabeça. Visualizamos esta bela coluna de luz dourada a expandir-se lentamente até nos envolver completamente todo o corpo. Ficamos a sentir, pacificamente, essa luz dourada a envolver-nos. Agora, lentamente visualizamos a coluna de luz que nos envolve, a transformar-se num grande ovo de luz dourada que nos envolve completamente. Sentimos a sua paz e também a sua protecção. Tudo o que está dentro desse ovo cintila de energia, alimenta a nossa aura de energia e fortalece-a. Ficamos durante cerca de dois minutos sentindo-nos envolvidos por esse ovo de luz dourada. Depois, começamos a visualizar o encolhimento do ovo dourado. Primeiro sentindo-o voltar à forma de coluna, e depois lentamente sentimo-la encolher até à base da espinha e ao topo da cabeça. Depois sentimo-la a encolher lentamente até ficar do tamanho de um dedo, depois de um lápis, e finalmente, da grossura dum único fio dourado. Agora, sentimos a energia desse fio dourado a fluir desde a base da espinha até ao topo da cabeça e focalizamo-nos no ponto de intersecção das linhas do terceiro olho e do topo da cabeça. Respiramos por nove vezes, sentindo a energia da luz dourada nesse local da cabeça e depois, deixamos a energia fluir de novo para a boca, estômago, baixo abdómen, deixando-a dissolver-se aí lentamente. Respiramos fundo mais umas quantas vezes e sentimos toda a paz e protecção que essa luz dourada nos proporcionou. Sentimos que podemos fazer esse exercício sempre que quisermos, envolver-nos nessa luz dourada e fortalecer a nossa aura com a sua protecção e energia.

Seguidores

Follow by Email

“O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.

O que for o teu desejo, assim será tua vontade.

O que for a tua vontade, assim serão teus atos.

O que forem teus atos, assim será teu destino.”

Brihadaranyaka Upanishad

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.

Transforme-se em ti mesmo e descubra quem você é.
Seja LUZ !!!

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR

DEIXE A TUA LUZ BRILHAR
Desperte para a regeneração da alma e do próprio corpo físico, começando por se desintoxicar daquilo que desequilibra a tua saúde física. Depure e purifique teus pensamentos, olhando mais para o Sol da verdade, do que para as nuvens da ignorância. Quem se faz luz não teme a escuridão, nem nevoeiros passageiros. Sabe que tudo que não for essencialmente divino, passa e se transmuta. Sendo assim, transmute-se!